Niterói aprova Axel (72%) e desaprova Castro e Bolsonaro


Se Niterói repetisse hoje a última eleição para prefeito, com os mesmos candidatos, Axel Grael teria uma grande probabilidade de se eleger novamente com uma votação ainda maior do que teve há pouco mais de um ano atrás, quando obteve 62,56% dos votos no primeiro turno. Isso é o que se pode deduzir dos resultados apresentados por uma pesquisa realizada pelo Instituto Gerp, que deu ao prefeito Axel Grael 72% de aprovação dos niteroienses, contra apenas 23% de rejeição (5% dos entrevistados não souberam ou não responderam à pergunta).

Na mesma pesquisa, realizada entre os dias 28 de outubro em 5 de novembro, com 800 eleitores, o presidente Jair Bolsonaro e o governador Cláudio Castro receberam igualmente uma taxa de reprovação de 62%. Bolsonaro obteve 30% de aprovação (8% não souberam ou não responderam), enquanto o governo Castro teve apenas 27% de aprovação (11% não souberam ou não responderam).

A pesquisa, cuja margem de erro é de 3,5% para mais ou para menos, também avaliou as preferências dos entrevistados para a eleição de governador do Estado do Rio no próximo ano e o ex-prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, pré-candidato do PDT, recebeu quase metade das intenções de voto de todos os entrevistados.

De Glasgow, na Escócia, onde participa da reunião da COP26, Axel comentou o resultado da pesquisa e enalteceu a parceria com o ex-prefeito Rodrigo Neves, inicida em 2013:

“Fico muito honrado com o reconhecimento da população de Niterói. Este é o resultado de muito trabalho, com planejamento e respeito ao dinheiro público. Desde 2013, quando Rodrigo Neves assumiu a Prefeitura de Niterói, temos um projeto de cidade. Sabemos onde queremos chegar. Traçamos prioridades, planejamos e temos uma equipe competente e dedicada trabalhando com seriedade e respeito ao cidadão”.



Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg