Niterói: calendário de vacinação atrasa 2 dias. Veja datas


A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Niterói vai retomar nesta sexta-feira (16) a aplicação da primeira dose da vacina contra a Covid-19 em idosos a partir de 64 anos e profissionais e trabalhadores da saúde a partir de 40 anos. O município recebeu nesta quinta (15) mais 8.560 doses do imunizante da AstraZeneca/Oxford.


Em função da interrupção da imunização no início da semana, em função da falta de vacinas, o calendário de vacinação sofreu um atraso de dois dias. A conclusão da aplicação da vacina no grupo de 60 anos, que estava prevista anteriormente para acontecer no dia 25, agora será atingida no dia 27, caso não haja novas interrupções. A vacina segue até durarem as doses. Ainda não há previsão de chegada de novos imunizantes à cidade.


A imunização continua sendo realizada nas policlínicas do Barreto, Engenhoca, Fonseca, São Lourenço, Vital Brazil, Itaipu e Piratininga, no Clube Central, em Icaraí e no drive thru no Campus Gragoatá da UFF. A entrada nos locais de vacinação será das 8h às 16h, com imunização até 17h. Neste sábado, 17 de abril, as Policlínicas Regionais Sérgio Arouca (Vital Brazil) e Carlos Antônio da Silva (São Lourenço) e o drive thru abrem das 8h às 12h para vacinação de pessoas a partir de 64 anos e profissionais e trabalhadores da saúde com mais de 40 anos. A aplicação da segunda dose continua normalmente.


Os estoques são avaliados diariamente pois, além da estimativa do número de pessoas do público-alvo, a quantidade de doses apresenta variação de acordo com a procura da população pela imunização. Niterói está programando a vacinação contra a Covid-19 de acordo com a quantidade de vacinas repassada pelo Governo do Estado, respeitando os grupos prioritários definidos pelo Plano Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde. A população pode consultar qual grupo está sendo convocado para a imunização nas redes sociais, no site oficial da Prefeitura e pelo número 153.


Idosos acamados – Equipes da Saúde estão vacinando, em domicílio, idosos acamados que solicitaram o serviço pelo e-mail covid19.acamadosniteroi@gmail.com. A imunização deve ser requisitada a partir do dia que haverá vacinação para a faixa etária do idoso. É preciso informar nome, sexo, data de nascimento, CPF, endereço, condição de saúde e telefone de contato.


Calendário


16/abril, sexta-feira

Idosos a partir de 64 anos

Trabalhadores e profissionais da área de saúde a partir de 40 anos


17/abril, sábado

Idosos a partir de 64 anos

Trabalhadores e profissionais da área de saúde a partir de 40 anos


19/abril, segunda-feira

Idosos a partir de 63 anos

Trabalhadores e profissionais da área de saúde a partir de 35 anos


20/abril, terça-feira

Idosos a partir de 63 anos

Trabalhadores e profissionais da área de saúde a partir de 35 anos


21/abril, quarta-feira

Idosos a partir de 62 anos

Trabalhadores e profissionais da área de saúde a partir de 30 anos


22/abril, quinta-feira

Idosos a partir de 62 anos

Trabalhadores e profissionais da área de saúde a partir de 30 anos


23/abril, sexta-feira

Idosos a partir de 61 anos

Trabalhadores e profissionais da área de saúde a partir de 25 anos


24/abril, sábado

Idosos a partir de 61 anos

Trabalhadores e profissionais da área de saúde a partir de 25 anos


26/abril, segunda

Idosos a partir de 60 anos

Trabalhadores e profissionais da área de saúde a partir de 18 anos


27/abril, terça

Idosos a partir de 60 anos

Trabalhadores e profissionais da área de saúde a partir de 18 anos


Público alvo

Idosos: pessoas acima de 60 anos

Para receber a primeira dose, os idosos devem levar CPF e um documento de identidade com foto. Já para a segunda dose também é necessário apresentar o comprovante de vacinação.


Profissionais de saúde: médicos, enfermeiros, nutricionistas, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, biólogos, biomédicos, farmacêuticos, odontólogos, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais, profissionais da educação física, médicos veterinários e seus respectivos técnicos e auxiliares. Também podem se vacinar acadêmicos em saúde e estudantes da área técnica em saúde em estágio hospitalar, atenção básica, clínicas e laboratórios.

Para receber a primeira dose, os profissionais de saúde devem apresentar CPF, registro profissional do Conselho, comprovante de residência em Niterói ou comprovante do local de trabalho na cidade. Já para a segunda dose também é necessário apresentar o comprovante de vacinação.


Trabalhadores da área da saúde: todos aqueles que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância à saúde, sejam eles hospitais, clínicas, ambulatórios, laboratórios e outros locais. São eles: recepcionistas, seguranças, trabalhadores da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias e outros, ou seja. Inclui-se ainda aqueles profissionais que atuam em cuidados domiciliares (ex. cuidadores de idosos, doulas/parteiras), bem como funcionários do sistema funerário que tenham contato com cadáveres potencialmente contaminados.

Para receber a primeira dose, os trabalhadores da área de saúde precisam levar a carteira de identidade, CPF e comprovante do local de trabalho em Niterói. Já para a segunda dose também é necessário apresentar o comprovante de vacinação.


Locais de vacinação


Policlínica Sérgio Arouca - Rua Vital Brazil Filho, s/nº - Vital Brazil.

Policlínica Dr. João da Silva Vizella - Rua Luiz Palmier, 726 – Barreto.

Policlínica Regional de Itaipu - Avenida Irene Lopes Sodré – Itaipu.

Policlínica Regional Carlos Antônio da Silva - Avenida Jansen de Melo, s/nº - São Lourenço.

Policlínica Regional Doutor Guilherme Taylor March - R. Desembargador Lima Castro, 238 – Fonseca.

Policlínica Regional de Piratininga Dom Luís Orione – Rua Dr. Marcolino Gomes Candau, 111– Piratininga.

Policlínica Regional Dr. Renato Silva - Avenida João Brasil, s/nº - Engenhoca.

Clube Central - Av. Jornalista Alberto Francisco Torres, 335 - Icaraí.

Drive thru da Universidade Federal Fluminense (UFF) - Campus Gragoatá - Rua Alexandre Moura, 8 - São Domingos

1/3
300x250px - para veicular a partir do di

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

Leia também: