'Niterói e o Clube da Esquina': evento comemora 50 anos do álbum

Em homenagem à influência que Niterói teve na concepção do álbum Clube da Esquina, um dos mais conhecidos e reconhecidos da música brasileira, a Prefeitura, com apoio da Fundação de Arte de Niterói, da Coordenadoria de Gestão de Eventos (CGE) e da Niterói Empresa de Lazer e Turismo (Neltur), organizou um evento que envolverá a cidade por cinco dias, de 21 a 25 de setembro.

Lô Borges / Foto: Pedro David / Divulgação

“Com esse evento homenageamos um dos mais importantes grupos da MPB, com artistas cujas carreiras ganharam notoriedade e reconhecimento mundial. E para nós, saber que Niterói faz parte dessa história como berço e fonte inspiradora de muitas de suas composições é um orgulho e a homenagem, com certeza, fala em nome de todos os niteroienses”, conta o prefeito de Niterói, Axel Grael.


Com shows, exposição fotográfica e talk show com componentes do Clube da Esquina, o evento é uma celebração à obra homônima lançada em 1972, assinada por Milton Nascimento e Lô Borges, que se reuniram com os outros integrantes do Clube em uma casa na Praia de Piratininga, onde compuseram e conceberam o disco. Wagner Tiso, Toninho Horta, Márcio Borges, Telo Borges e Ronaldo Bastos - que é niteroiense - são alguns dos nomes presentes na celebração.


Para o presidente da Fundação de Arte de Niterói (FAN), Fernando Brandão, o fato de o Clube da Esquina ter buscado na cidade a inspiração para conceber boa parte do repertório, confirma a atmosfera musical formada por grandes artistas locais.


“Nós, músicos, sabemos o quanto Niterói influencia o cenário musical nacional e internacional. A atuação dos músicos daqui nas diversas bandas e trabalhos dos grandes artistas do país sempre foi muito expressiva. Não à toa, nossa cidade serviu de inspiração para composições do Clube da Esquina, um acontecimento especial que nos sinaliza que devemos cada vez mais potencializar a cultura musical e valorizar os músicos da nossa cidade”, conclui Brandão.


Marcos Sabino, cantor e compositor niteroiense, idealizador do evento, conta como surgiu a ideia.


“Há cerca de dois anos, conversei com o prefeito sobre essa ideia, que ele prontamente aceitou e na qual investiu”, lembra Sabino.

Toninho Horta / Foto: Vitor Maciel / Divulgação

As celebrações serão iniciadas no dia 21, quarta-feira, com a realização de um Talk Show às 19h, no Theatro Municipal, com a participação do produtor musical Mayrton Bahia e dos músicos Wagner Tiso, Toninho Horta, Márcio Borges, Telo Borges e Marcos Sabino. A moderação ficará por conta da jornalista, escritora e pesquisadora musical Chris Fuscaldo, diretora do selo Niterói Livros.


No dia 22/9, quinta-feira, às 19h, também no Theatro Municipal, Wagner Tiso Trio e Toninho Horta relembram grandes sucessos do Clube da Esquina em show especial para a celebração. Sexta, sábado e domingo, serão realizadas apresentações musicais no palco Marazul, na Praia de Piratininga (praça do antigo Toboágua), montado exclusivamente para o evento. Dia 23/9, sexta-feira, Lô Borges se apresenta às 19h.


No sábado (24/9), serão dois shows: O primeiro, às 19h, acontece o “Viva Milton – nosso Bituca” exclusivamente com artistas de Niterói com Dalto, Ithamara Koorax, Marcos Sabino, Altay Veloso, Beth Bruno , Nêgamanda e uma banda de 5 músicos, dirigida por Kiko Continentino, mineiro que mora em Niterói desde os anos 70 que já integrou a banda de Milton.


Na abertura, o violoncelista Luiz Carlos Justino da Orquestra da Grota. Às 21h, a música ficará por conta de Beto Guedes. No domingo (25/9), às 19h, Wagner Tiso, Toninho Horta, Som Imaginário e Beto Guedes sobem ao palco Marazul para encerrar a grande celebração.


Mais dois palcos vão compor a programação musical dessa celebração: um no Jardim Icaraí e outro em São Francisco, com shows de artistas locais, de sexta (23/9) a domingo (25/9), de 15h às 21h. A programação e os horários poderão ser conferidos nas redes sociais da FAN (@culturaniteroi).


Uma exposição fotográfica com imagens inéditas dos músicos na cidade na época da produção do disco estará à mostra nos locais do evento, que conta com direção musical de Kiko Continentino, direção artística de Marcos Sabino e de Gabriel Haddad, que assina a cenografia junto de Leonardo Bora — carnavalescos da Escola de Samba Grande Rio, campeã em 2022.

Reprodução

A ligação entre Niterói e Clube da Esquina


Segundo Sabino, Milton Nascimento trouxe Lô Borges e Beto Guedes para o Rio e, depois de algum tempo, alugaram uma casa em Niterói, no bairro de Piratininga, na prainha, na encosta do Marazul, como era chamado o local na época. Lá se inspiraram para compor várias canções que fazem parte do disco que foi aclamado como o mais importante disco da história da MPB.


“Em 1983, lançando meu segundo LP em Belo Horizonte, estive com o Fernando Brant numa rádio da cidade. Quando falei pra ele que eu era de Niterói, ele se emocionou e me contou a história do Marazul. Isso ficou na minha cabeça por décadas! Na ocasião de um congresso de compositores em Araxá, o Milton também me falou desse tempo e do carinho que eles tinham por Niterói, por suas belezas naturais, por ter inspirado as canções do Clube da Esquina e marcado esse tempo feliz na vida de todos.”, conta o cantor, que completa:


“Eu sempre achei que essa história, por tantos anos submersa, deveria ser contada e reverenciada como um presente aos niteroienses e a esses personagens que são referência de tantas gerações, em especial a dos anos 70, que viveu esse tempo lindo da música e bebeu dessa fonte da música mineira. E, agora niteroiense também.”


Sobre o Clube da Esquina


Com 21 músicas que ultrapassam uma hora de som, o álbum duplo é oficialmente creditado a Milton Nascimento e Lô Borges, no entanto é um trabalho de grupo, formado pelos dois e pelos músicos Beto Guedes, Toninho Horta, Flavio Venturini, Tavito, Wagner Tiso, Tavinho Moura, Nelson Angelo, Alaíde Costa, Robertinho Silva, Luiz Alves, Vermelho e Rubens Moreira Filho.

O álbum Clube da Esquina foi organizado conceitualmente pelo poeta e compositor fluminense Ronaldo Bastos, letrista de seis das 21 músicas do álbum – obras-primas como ‘Cais’, ‘Cravo e Canela’, ‘Nada Será Como Antes’ (apresentada a rigor em 1971, em disco de Joyce Moreno), ‘Nuvem Cigana’, ‘O Trem Azul’ e ‘Um Gosto de Sol’.

A capa do disco duplo é considerada quase tão icônica quanto o próprio álbum, com foto feita por Cafi (1950 – 2019), que traz a imagem dos garotos Tonho (José Antônio Rimes) e Cacau (Antônio Carlos Rosa de Oliveira) em Nova Friburgo (RJ).

O disco foi lançado no Brasil em 1972 pela EMI-Odeon e chamou atenção pelas composições engajadas e a miscelânea de sons. Clube da Esquina foi eleito pela versão brasileira da revista Rolling Stones como o 7º melhor disco brasileiro de todos os tempos. Em setembro de 2012, foi eleito pelo público da rádio Eldorado FM, do portal Estadão.com e do Caderno C2+Música (do jornal O Estado de S. Paulo) como o segundo melhor disco brasileiro da história.


Em 2022, foi eleito como o Melhor Disco Brasileiro de Todos os Tempos, pelo podcast Discoteca Básica, que ouviu 162 especialistas. Além disso, em diversas resenhas, segue aclamado como um dos álbuns mais marcantes da carreira de Milton Nascimento e Lô Borges, assim como da própria MPB.

Serviço:


Niterói e o Clube da Esquina

21 a 25 de setembro

Gratuito

21/09 (quarta-feira) - 19h


Talk Show - Mayrton Bahia, Wagner Tiso, Toninho Horta, Márcio Borges, Telo Borges e Marcos Sabino, com moderação de Chris Fuscaldo.

Local: Theatro Municipal de Niterói

22/09 (quinta-feira) - 19h


Show Wagner Tiso Trio e Toninho Horta

Local: Theatro Municipal de Niterói

23/09 (sexta-feira) - 19h


Show do Lô Borges

Local: Palco Marazul - Piratininga (Praça Luiz Gomes da Silva – antigo Toboágua)

24/09 (sábado) - 19h


Show “Viva Milton - nosso Bituca”

Com artistas da cidade – Marcos Lima, Enzo, Felipe Ferreira, Yuri Corbal, João Gabriel e Canequinha (Quarteto), Dalto, Ithamara Koorax, Marcos Sabino, Altay Veloso, Beth Bruno, Negamanda, Renato Novaes, Lucynha Lima, Carmo Soá

Abertura do Violoncelista Luiz Carlos Justino, da Orquestra da Grota

Local: Palco Marazul - Piratininga (Praça Luiz Gomes da Silva – antigo Toboágua)

Show Beto Guedes - 21h

Local: Palco Marazul - Piratininga (Praça Luiz Gomes da Silva – antigo Toboágua)

25/09 (domingo) - 19h


Show Wagner Tiso, Toninho Horta, Som Imaginário e Beto Guedes

Local: Palco Marazul - Piratininga (Praça Luiz Gomes da Silva – antigo Toboágua)

Exposição de fotos “A Casa do Marazul”


21 e 22/09 (quarta e quinta-feira)

Local: Theatro Municipal de Niterói

23 a 25/09 – (sexta, sábado e domingo)

Local: Palco Marazul - Piratininga (Praça Luiz Gomes da Silva – antigo Toboágua)


Fonte: Departamento de Imprensa SMC/FAN


300x250_QuatroRodas.gif