Niterói Solidária conta com instituições para entrega de alimentos

A coordenação da Campanha Niterói Solidária se reuniu nesta terça-feira (18/5) com os representantes das 24 instituições aprovadas na etapa de chamamento público. Essas organizações passarão a operacionalizar a entrega dos kits montados a partir das doações recebidas nos postos de vacinação. O encontro aconteceu na Cidade da Ordem, no Barreto, onde os alimentos ficam armazenados e teve como objetivo organizar a forma com que a distribuição dos kits passam a acontecer daqui em diante.

Divulgação / Prefeitura de Niterói

A primeira-dama do município, Christa Grael, coordenadora voluntária da campanha, destacou que “esse diálogo é muito importante para dar transparência a todo o processo de arrecadação e distribuição das cestas. Cada instituição também atuará como voluntária, participando ativamente de cada etapa da campanha”, afirmou Christa.


Através das organizações sociais, a campanha destinará as doações arrecadadas nos postos de vacinação para as famílias que não se encaixam nos critérios de nenhum dos programas de apoio da Prefeitura de Niterói. Nessa parceria, a arrecadação caberá ao município de Niterói, ao passo que a distribuição caberá às instituições como forma de promover o acesso aos recursos básicos e essenciais à subsistência das famílias em estado de vulnerabilidade social. São aceitas doações de alimentos não perecíveis, materiais de limpeza e de higiene pessoal.


O secretário de Direitos Humanos, Raphael Costa, que também faz parte da comissão da campanha, destaca que "o objetivo é fortalecer o papel do terceiro setor e das organizações sociais no combate à fome. A adesão da sociedade civil junto à campanha Niterói Solidária está superando todas as expectativas", disse.


Chamamento Público


A Prefeitura de Niterói publicou, no Diário Oficial do dia 24 de abril, o Chamamento Público para cadastro de Organizações da Sociedade Civil (OSCs) para operacionalização da Campanha Niterói Solidária. O objetivo é firmar parceria para a logística de arrecadação e distribuição de doações de alimentos e material de limpeza e de higiene pessoal.


O processo será coordenado pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos (SMDH). A parceria é feita por um Acordo de Cooperação Técnica (ACT). O processo de chamamento público e o acordo não trará ônus ao município, tendo em vista não haver previsão de recursos financeiros a serem despendidos para a execução das atividades.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói

Ganhe_Ate_300x250px.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
Aumentou_728x90px.gif