top of page

Niterói Solidária entrega 120 kits de alimentos doados

A Campanha Niterói Solidária, promovida pela Prefeitura de Niterói, fez mais uma entrega de alimentos nesta segunda-feira (27/2). Ao todo, foram 120 kits montados com os alimentos doados pela população que equivale a aproximadamente 1,5 toneladas de alimentos. Seis instituições, cadastradas pelo chamamento público, estiveram no Horto do Fonseca para retirar as doações.

Foto: Alex Ramos / Prefeitura de Niterói

A primeira-dama do município, Christa Vogel Grael, coordena, de forma voluntária, a campanha desde que foi criada.


“É muito bacana ver o quanto a população niteroiense tem abraçado a Niterói Solidária. Através das instituições cadastradas, temos conseguido alcançar muitas famílias que precisam de ajuda. Essa é a prova concreta do que a união e a empatia podem fazer na vida de alguém. Nossa campanha continuará atuando nesse sentido”.


Nadine Borges, secretária de Direitos Humanos, explica que a ideia é que a campanha seja intensificada para ajudar a população mais vulnerável da cidade.


“Assumi há poucos dias a Secretaria de Direitos Humanos em Niterói e a expectativa é que a gente consiga intensificar o trabalho para coletar as doações. Sabemos que as pessoas estão muito necessitadas, a fome aumentou, a miséria aumentou, além das tragédias climáticas que vêm ocorrendo, então a ideia é que a gente arrecade mais e distribua o mais rápido possível. Queremos aprofundar a campanha e estreitar a solidariedade da população. São 450 anos dessa cidade e a gente precisa mostrar que, acima de tudo, aqui temos um povo solidário e que se preocupa uns com os outros porque se tem uma coisa que não podemos aceitar é que alguém passe fome e, diante da fome, toda solidariedade é necessária".


A secretária conta que, em breve, pretende realizar um novo chamamento público para que novas entidades se cadastrem. “O objetivo é que a população saiba qual a entidade fica mais próxima do território em que a pessoa mora para que possam se aproximar e receber as cestas”.


Durante a manhã, seis instituições cadastradas receberam os kits montados com as doações dos alimentos. Daclé Santana é diretora do Grupo Espírita Paz, Amor e Renovação (Gepar) e foi uma das beneficiadas.


"A gente tem uma demanda social muito grande na Região Oceânica. Temos um trabalho com crianças e jovens e atendemos 300 famílias com alimentos. Desde o início, o nosso projeto recebe os alimentos da campanha e doa, a cada dois meses, para as famílias”.


Olegário de Lima, coordenador do Centro Espírita Antônio de Pádua, destaca que o trabalho da Prefeitura é essencial para ajudar no andamento do projeto.


"Nossa instituição atua em dois projetos, um com 65 senhorinhas das comunidades da cidade e o sopa fraterna, onde fazemos 100 refeições que são entregues às pessoas em situação de rua, no Centro. Essas cestas são vitais para complementar nosso trabalho e agradecemos a prefeitura por esse projeto".


Representantes da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), do Grupo Diversidade Niterói (GDN), da Igreja Glória de Deus e da Igreja Luterana também estiveram no Fonseca para retirar os kits.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page