Niterói terá Equipe de Referência para Álcool e outras Drogas

Niterói terá uma equipe especializada para atuar junto aos indivíduos e famílias que têm seus direitos violados em decorrência do uso prejudicial de álcool e outras drogas. A Equipe de Referência para Álcool e outras Drogas (ERAD) vai acompanhar os casos a fim de construir caminhos de cuidado e atenção socioassistencial junto à rede, articulando diferentes políticas públicas. A resolução que incorpora o serviço ao Sistema Único da Assistência Social de Niterói (SUAS) foi publicada no Diário Oficial do município na última terça-feira (26/10)

Foto: Ministério da Saúde

O secretário municipal de Assistência Social e Economia Solidária, Vilde Dorian, explica que o serviço significa uma inovação para o SUAS Niterói.


“Não é mais possível deixar de enfrentar a questão do uso abusivo de álcool e outras drogas e seus impactos nas vulnerabilidades apresentadas pelos usuários do Sistema Único da Assistência Social e que também perpassam por outras políticas de proteção como saúde e educação. Ter profissionais capacitados que possam acompanhar os percursos de forma individualizada e especializada é fundamental para garantir o acesso e a permanência do cuidado com o indivíduo. Acreditamos que esse seja um passo muito importante para a garantia da proteção integral dos nossos usuários”, analisa o secretário.


A criação da ERAD leva em consideração as múltiplas causas e o fenômeno complexo do uso de álcool e outras drogas, o que demanda ações articuladas e integradas das diversas políticas públicas na perspectiva da prevenção, tratamento, cuidados e proteção social dos usuários. Além disso, outro fator citado na publicação para a criação da Equipe de Referência é que o uso dessas substâncias pode ocasionar ou agravar situações de vulnerabilidades individuais e sociais, fragilizando vínculos familiares, comunitários e individuais, e criando barreiras no acesso a direitos.


A Secretaria Municipal de Assistência Social e Economia Solidária (SMASES), responsável por desenvolver o trabalho em Niterói, terá na equipe psicólogos e assistentes sociais que vão realizar o mapeamento dos serviços socioassistenciais e intersetoriais (saúde, direitos humanos, educação cultura, arte, trabalho e geração de renda, segurança pública), bem como ações do terceiro setor, diagnóstico do território e das principais demandas do público-alvo, para a construção de agendas e ações articuladas, integradas e contínuas.


De acordo com a SMASES, a metodologia vai a levar em conta pesquisas do trabalho desenvolvido pelos serviços socioassistenciais e pela rede intersetorial no atendimento a pessoas usuárias de álcool e outras drogas, acompanhamento de casos de indivíduos e famílias que realizam uso prejudicial de álcool e outras drogas e que estejam vivenciando situações de violações de direitos, entre outras.


*Com informações da Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói

Ganhe_Ate_300x250px.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
Aumentou_728x90px.gif