top of page

Niteroiense Ricardo Rodrigues Cardozo é eleito presidente do TJ-RJ

Foto: Reprodução

O desembargador Ricardo Rodrigues Cardozo, de 66 años, natural de Niterói, foi eleito com 99 votos (53,51%) para a presidência do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), em eleição realizada nesta segunda-feira (12/12). O mandato tem duração de dois anos.


Formado em direito pela Universidade Federal Fluminense (UFF), em 1979, Cardozo é atual corregedor-geral de Justiça e já atuou como defensor público por cinco anos. Ele venceu os desembargadores Luiz Felipe Francisco, que teve 70 votos (37,84%) e Edson Aguiar de Vasconcelos, com 14 votos (7,57%). Duas pessoas anularam o voto.


O presidente eleito do órgão destacou ser este um momento muito especial para ele, que não escondia de ninguém que “esse momento chegaria”. “Desde juiz, eu tive um objetivo na vida, que era galgar e chegar a este patamar. Não por vaidade, mas por missão. Aprendi a conhecer o Tribunal nos diversos cargos de administração que exerci”, ressaltou, emocionado, o desembargador.


O desembargador disse ainda que, por conhecer o Tribunal, está “pronto para a assumir a presidência” do TJ. Acrescentou também que, “a partir deste momento”, seus colegas testemunharão um presidente “que não terá grupos”, que “não participará de conchavos” e que “verá apenas o interesse do Tribunal”:


“Serei presidente de todos, não de A, B ou C. Os senhores tenham certeza disso. Tentarei fazer um Tribunal unido, com outra perspectiva, um Tribunal moderno, um Tribunal do futuro, preparado para o futuro. Peço a Deus que me oriente para que nunca os decepcione”.


Para o cargo de corregedor-geral da Justiça do Estado do Rio de Janeiro, o eleito foi o 2º vice-presidente do RJ-RJ, o desembargador Marcus Henrique Pinto Basílio, com 116 votos.

300x250px.gif
728x90px.gif
bottom of page