top of page

Nobel da Paz e políticos globais firmam manifesto em apoio a Massa


(Foto: Wikipédia)

Diferentes personalidades da Europa e da América Latina, incluindo ex-presidentes e ganhadores do Prêmio Nobel da Paz, assinaram um manifesto a favor da candidatura de Sergio Massa à Presidência da Argentina, que disputará contra o ultradireitista Javier Milei em o segundo turno em 19 de novembro.


Os 15 signatários, incluindo a ex-presidente do Chile, Michelle Bachelet; José Luis Rodríguez Zapatero, ex-presidente da Espanha; o argentino Adolfo Pérez Esquivel, Prémio Nobel da Paz, e Ernesto Samper, antigo presidente da Colômbia, sublinham o seu apoio a Massa na defesa da democracia, “colocando travões nas posições antidemocráticas” que Milei representa.

Os pontos importantes apoiados pelo manifesto incluem “acabar com a ruptura para recuperar a harmonia nacional”, em referência à polarização no país entre peronistas e anti-peronistas.


Da mesma forma, aqueles que acompanham o manifesto apoiam uma “agenda euro-latino-americana progressiva” de estreita cooperação e maior integração regional, para a conclusão do acordo entre a UE e o Mercosul, e para a inclusão social e a igualdade de género.


Mais de 35 milhões de cidadãos argentinos são convocados para o segundo turno das eleições presidenciais, depois do primeiro turno, realizado em 22 de outubro, quando Massa terminou em primeiro lugar com 37% dos votos, ante 30% que Milei alcançou. A menos de uma semana das eleições, as pesquisas antecipam um cenário bastante equilibrado entre os candidatos, com vantagem de apenas 1,4 ponto a favor de Massa.


Da Agência RT

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page