O debate acerca do retorno do futebol no Rio

Atualizado: 27 de Mai de 2020

Reunião do último domingo, realizada entre a Prefeitura e alguns dos clubes da cidade, gerou divergências diversas


Por Eduardo Gomes


Crivella tem negociado com clubes do Rio o possível retorno. Foto: Reprodução


No último domingo (24/05), a Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro organizou um encontro com os representantes dos principais clubes que disputam o Campeonato Carioca. O tema debatido de forma explícita nesse encontro foi o paulatino retorno aos treinos, já anunciando também uma possível volta do Campeonato Carioca de futebol.


Dois dos quatro clubes grandes do estado, Botafogo e Fluminense, não só estiveram ausentes do encontro, como se posicionaram, a partir de suas diretorias, com olhares extremamente contrários ao possível retorno precipitado nesse momento.


Diretorias de clubes rivais, como Vasco e Flamengo, por outro lado, se colocaram favoráveis a uma possível volta. No Flamengo, inclusive, os jogadores já treinam desde a semana passada, descumprindo as recomendações de então que defendiam a quarentena na cidade. O presidente do clube, Rodolfo Landim, publicou ontem (25/05) uma nota explicitando que seu posicionamento é voltado para a defesa dos interesses do clube em si, ou seja, não seria marcado por conotações políticas. Todavia, tal retorno antecipado ignora a crescente do Covid-19 no estado e, de forma mais específica, na cidade do Rio de Janeiro, que ainda está em situação de alerta máximo devido a pandemia.


Mesmo com esses posicionamentos de afrouxamento do isolamento social, não só ocorridos no esporte, o Brasil continua sendo o segundo país do mundo em casos de coronavírus (mais de 375 mil pessoas até o momento), tendo ultrapassado os 23 mil óbitos confirmados.


1/3
300x250px - para veicular a partir do di

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

Leia também: