top of page

Obama entra na campanha para promover Joe Biden


Ex-presidente Barack Obama começa na Pensilvânia uma série de aparições públicas para promover Joe Biden

Estado da Pensilvânia é visto tanto por democratas quanto por republicanos como um termômetro para as eleições do dia 3 de novembro.

Faltando menos de duas semanas para o pleito que vai decidir quem comanda a Casa Branca pelos próximos quatro anos, o ex-presidente Barack Obama fez nesta quarta-feira (21), em um comício ao ar livre na Filadélfia, no estado da Pensilvânia, a primeira de uma série de aparições públicas para promover o democrata Joe Biden.

Em um vídeo postado no Twitter na noite de terça-feira (20), Obama ofereceu uma prévia do "encontro", dizendo aos jovens que eles podem criar "um novo normal" na política americana indo votar.

​Uma das coisas mais inspiradoras deste ano foi ver tantos jovens americanos empolgados, organizando-se, marchando e lutando por mudanças. E para mudar o jogo em qualquer uma das questões que nos interessam, temos que votar em Joe Biden e Kamala Harris.

"Sua geração pode ser aquela que cria um novo normal na América. Um que seja mais justo, onde o sistema trata a todos igualmente e dá oportunidade a todos. Podemos sair deste momento mais fortes do que antes", disse Obama.

A Pensilvânia é um estado historicamente vencido pelos democratas. Porém, na última eleição, em 2016, Donald Trump saiu-se vencedor naquele colegiado. Atualmente, analistas indicam que a Pensilvânia está dividida. Ambos candidatos à presidência dos EUA cruzaram o estado nas últimas semanas e fizeram declarações.

"Se vencermos a Pensilvânia, venceremos a coisa toda", disse Trump na noite de terça-feira (20) em um comício em Erie, no noroeste do estado.

Biden, por sua vez, considera que seu local de nascimento, a Pensilvânia, é como um "termômetro que ele deve vencer". O democrata visitou o estado mais do que qualquer outro durante a campanha.

Nesta quarta-feira (21), Donald Trump faz comício na Carolina do Norte. A candidata democrata à vice-presidência Kamala Harris também vai estar na Carolina do Norte para dois eventos de mobilização de eleitores: em Asheville e Charlotte. Joe Biden, segundo publicação do New York Times, ficará estudando para o debate de quinta-feira (22).


Fonte: Agência Sputnik

Commentaires


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page