top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

Obras em comunidades seguem como prioridade em 2023

A Prefeitura de Niterói vai continuar a priorizar obras e ações de melhorias nas comunidades da cidade em 2023. Além das iniciativas já concluídas e das que estão em andamento, o município vai levar obras de infraestrutura, urbanização, contenção de encostas e acessibilidade para mais 21 comunidades. A previsão é de que, no ano que vem, o investimento nestas áreas chegue a R$ 350 milhões.

Foto: Alex Ramos / Prefeitura de Niterói

O prefeito de Niterói, Axel Grael, participou na noite desta terça-feira (27/12) de um encontro com lideranças comunitárias de toda a cidade. O prefeito destacou que o município tem hoje a capacidade de formular projetos e de apresentar soluções para as demandas das comunidades.


“Niterói vive um momento especial com uma capacidade de investimento como nunca teve. Nada melhor do que ter esta relação com as lideranças comunitárias para que a gente priorize as ações da melhor forma. Quem mora nas comunidades tem uma percepção muito melhor do que é prioritário. Temos uma relação muito próxima das lideranças comunitárias de Niterói. Manter esse diálogo fluindo de uma forma orgânica e legitimada pelas lideranças é muito importante”, explicou Grael.


O prefeito falou sobre o perfil das obras que estão sendo feitas e que serão ampliadas nas comunidades de Niterói.


“Além das ações pontuais, que são importantes, estamos priorizando obras que sejam de fato transformadoras destas comunidades. Como fizemos no Viradouro, na Igrejinha do Caramujo e em outras localidades. São obras que colocam a qualidade de vida nestes locais em outro patamar. Em 2023, serão 21 obras que vão permitir que a gente faça com que esse momento positivo da cidade de Niterói seja usufruído por todos”, afirmou o prefeito.


As ações que estão em andamento e as obras futuras fazem parte do Plano Niterói 450, que prevê um investimento total de R$ 1,38 bilhão nas comunidades da cidade até o fim de 2024. As obras que começarão em 2023 vão beneficiar as comunidades Maceió; Bonsucesso; Caniçal; Morro do Estado; Morro do Palácio; Papagaio; Sabão; Vila Ipiranga e Morro do Cavalão, entre outras.

Foto: Alex Ramos / Prefeitura de Niterói

O presidente da Federação das Associações de Moradores de Niterói (Famnit), Manoel Amâncio, ressaltou que as perspectivas para 2023 são positivas.


“A Prefeitura tem o foco de construir a cidade, mas nunca esquecendo das comunidades. Os investimentos na cidade acontecem, mas uma boa parcela é aplicada nas comunidades. São obras de encosta e pavimentação. O município não deixa as comunidades para trás”, disse Manoel Amâncio.


O presidente da Associação dos Moradores da Fazendinha Badu-Sapê, Fabiano Ferreira, destacou a continuidade dos investimentos nas comunidades.


“Esperamos que a Prefeitura continue a fazer o que vem fazendo. São muitos investimentos nas nossas comunidades. É um trabalho que está sendo reconhecido em todos os cantos da cidade”, afirmou Fabiano Ferreira.


Atualmente, existem obras em andamento nas comunidades do Morro Boa Vista; Morro do Zulu: Santo Cristo; Palmeira; Eucalipto e Jacaré, entre outras.


Em 2023, serão entregues 10 mil títulos de Regularização Fundiária em todas as regiões de Niterói. Apenas na Comunidade da Ciclovia, em Piratininga, serão 1.277 títulos.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói


Comments


Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page