top of page

Ocupação de leitos na rede privada continua crescendo


Rede particular de saúde de Niterói já apresenta taxas de ocupação de 79% nos quartos e 60% em UTIs

A taxa de ocupação de leitos para Covid-19 nos hospitais privados de Niterói continua crescendo a níveis galopantes. Em uma semana, o total de vagas ocupadas, entre leitos em quartos e em UTIs, passou de 314 para 406 vagas, segundo boletim semanal do Sindicatos dos Hospitais, Clínicas e Casas de Saúde de Niterói e São Gonçalo (Sindhleste).

Há uma semana, a taxa de ocupação era de 56% em leitos de quartos (169 pacientes) e 52% em UTIs (145 pacientes). Agora, de acordo com o último boletim do Sindhleste, que leva em conta os números registrados na última terça-feira, 24, existiam 239 leitos ocupados em quartos, representando uma taxa de 79%, e 167 leitos em UTIs, o que equivale a 60% da capacidade da rede privada.


Axel com coronavírus

Assim como o prefeito Rodrigo Neves, o prefeito eleito de Niterói, Axel Grael, também testou positivo para coronavírus. Ele anunciou nesta quarta-feira, 25, através do seu perfil no Twitter, que havia contraído a doença.

"Realizei o exame de Covid-19 por segurança e testei positivo. Estou assintomático e passo bem. Seguindo as determinações das autoridades de saúde ficarei em isolamento nos próximos dias. Reforço para que todos mantenham os protocolos de segurança. Essa guerra ainda não acabou", disse Axel na sua postagem.

O prefeito Rodrigo Neves, que começou a apresentar sintomas da doença há uma semana, permanece isolado em sua casa. No domingo, uma tomografia feita por ele detectou uma pneumonia, que teria comprometido 25% da sua capacidade pulmonar. Rodrigo, porém, diz que passa bem e segue cumprindo as prescrições médicas.

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page