top of page

'Ocupa Casarão' terá novas edições no Fonseca

A cultura de Niterói demarcou seu território no casarão do Fonseca, que começa a ganhar vida nova com as primeiras ações realizadas pela prefeitura. Antes mesmo da reforma do imóvel que vai abrigar o novo Centro Cultural da Zona Norte, a área externa já começou a ser utilizada pela comunidade cultural local, através do evento 'Ocupa Casarão'.

Divulgação

Em entrevista ao programa 'Bom Dia Niterói', na Rádio Toda Palavra, na manhã desta segunda-feira (12/12), o secretário municipal das Culturas, Alexandre Santini, falou por telefone com o jornalista Marcos Gomes e contou quais são as ideias de utilização do espaço, depois das consultas públicas realizadas junto à população.


"Essa é uma conquista de muitos anos, que vem desde o início do processo de desapropriação, em 2019, ainda no governo Rodrigo Neves. Havia uma disputa judicial intensa entre os herdeiros e isso fez o processo demorar mais. Em setembro desse ano, a justiça decidiu pela desapropriação do imóvel ao município. A prefeitura montou um grupo de trabalho com vários órgãos para viabilizar as obras e mesmo antes disso, já é possível promover algum tipo de atividade no local. Ontem [domingo, 1/12], fizemos uma edição do 'Ocupa Casarão' e foi um sucesso", contou ele, acrescentando que a prefeitura está providenciando mais infraestrutura para o local, como a religação de energia elétrica e de água, para a realização de novos eventos.

O secretário das Culturas, Alexandre Santini / Reprodução

De acordo com o secretário, a pasta está avaliando as demandas da população da Zona Norte, que participou das consultas públicas para a apresentação de ideias e propostas para centro cultural. E enquanto o projeto avança, a secretaria das Culturas planeja novas ocupações da área externa.


"A partir de janeiro do ano que vem, a ideia é fazer, ao menos, uma ocupação quinzenal. O carnaval está chehgando. A região abriga várias escolas de samba da cidade. Estamos nos estruturando melhor para tornar as edições cada vez melhores. Neste domingo tivemos roda de samba, artesanato, grupos de teatro, projeção de vídeo e pontos de cultura participando. Queremos fazer isso com regularidade até que as obras fiquem prontas", adiantou Santini.


Sobre a programação de fim de ano na cidade, o secretário das Culturas ressaltou que os bairros estão todos decorados e que vários eventos gratuitos estão acontecendo desde o início do mês em diferentes locais públicos, como os hortos do Barreto e Fonseca, Campo de São Bento e Praça do Radioamador, entre outros.


"O Natal do Amanhã" é uma preparação para 2023, quando a cidade irá comemorar 450 anos com uma agenda cultural intensa. Vale a pena a população curtir a programação gratuita de Natal e apreciar a decoração e as luzes. A cidade está linda!", finalizou.



300x250px.gif
728x90px.gif