top of page

Oficinas gratuitas de panificação são destaque em Niterói

Por Gabriel Ferreira


O Dia Mundial do Pão é celebrado neste domingo (16/10), mas em Niterói as comemorações começaram na sexta-feira (14/10). A Firjan SENAI, em parceria com o Sindicato da Indústria de Panificação e Confeitaria (SINDPANIFIC) e o Sindicato das Indústrias de Alimentação de Niterói (SIAN), promoveram oficinas e degustações em uma unidade móvel instalada no Centro de Abastecimento de Niterói, o CADEN, no Barreto, zona norte da cidade.

Foto: Gabriel Ferreira / Toda Palavra

A primeira oficina aconteceu por volta das 9h30 da manhã e os alunos puderam aprender mais sobre o preparo e o custo-benefício de um brigadeiro gourmet, que não é aquele feito em casa, mas sim, voltado para festas e outros tipos de comercialização.


Ao longo da oficina, os participantes tiraram dúvidas e puderam degustar o brigadeiro pronto. O instrutor Paulo Henrique deu dicas de quais ingredientes devem ser usados na preparação e orientou a turma a comercializar o produto. Depois, foi a vez das oficinas de pizza, biscoito e pão lua de mel.


A técnica de enfermagem Maria Carolina conta que oficina abriu uma nova oportunidade a ela, que pretende comercializar brigadeiros.


“Eu gostei bastante porque aprendemos sobre a questão de valor, pesagem, quantidade que temos que colocar na forminha e os ingredientes que podemos usar, essenciais para o sabor diferenciado do brigadeiro”, expressa.


Janete Veloso, que também é técnica de enfermagem, ficou satisfeita com o aprendizado e diz que não pretende parar por aqui.


“Essa oficina foi muito interessante, com muitas dicas. Agora, quero fazer um curso no SENAI para dar continuidade ao que aprendi hoje, revela.

Foto: Gabriel Ferreira / Toda Palavra

“O público foi bem variado. Uns já trabalham na área de panificação e outros querem ingressar. Tem também os que vieram por hobbie, curiosidade. Eu senti o pessoal bem interessado, fazendo várias perguntas e deu para aproveitar bem o tempo no desenvolvimento do produto, e ainda respondi os questionamentos que surgiram ao longo da atividade”, conta o panificador e instrutor da oficina, Pedro Henrique.


Com uma hora de duração, as oficinas feitas pela Firjan SENAI comprovam que a panificação é um mercado que continua promissor e que conseguiu se reinventar, mesmo com as adversidades enfrentadas pela pandemia e a crise financeira nos últimos anos.


Para quem perdeu as oficinas e quer se matricular em um curso de panificação, basta procurar uma unidade do SENAI Firjan mais próxima ou acessar o site. A unidade de Niterói fica na Rua General Castrioto 460, no Barreto


300x250px.gif
728x90px.gif