top of page

Orquestra Sinfônica da Rádio Orpheus apresenta 'Symphojazz'

Na segunda-feira, 30 de outubro, às 19 horas, na Casa Internacional da Música de Moscou, a Orquestra Sinfônica da Rádio Orpheus, sob a batuta do diretor artístico e regente-chefe Serguei Kondrashev, e a Grande Orquestra de Jazz de Pyotr Vostokov, apresentarão o programa "Symphojazz: feito na Rússia".

Foto: Orpheus

A rede internacional TV BRICS é a parceira de mídia do evento e, juntamente com o Centro de Rádio e TV de Música Estatal Russa "Orpheus", organizará uma recepção para as primeiras pessoas das embaixadas dos países do BRICS, da América Latina e da África em homenagem ao concerto. Entre os convidados de honra estão representantes de missões diplomáticas de nove países: Brasil, Rússia, Índia, China, África do Sul, Moçambique, Zimbábue, Cuba e Argentina.


O concerto "Symphojazz: feito na Rússia" será realizado como parte do III Festival Internacional de Música "Energia das descobertas". A principal tarefa do festival é apresentar aos ouvintes o trabalho de compositores russos cujos nomes e patrimônio musical foram esquecidos ou perdidos por vários motivos. Todas as partituras foram descobertas e restauradas pela equipe do centro de rádio e TV Orpheus.


O programa do festival de 2023 inclui obras dos pioneiros do jazz soviético Alexander Varlamov e Alexander Tsfasman, do notável pianista e compositor russo Nikolai Kapustin, do maestro de jazz soviético, o trabalhador de arte homenageado da Federação Russa Vadim Ludvikovsky, do membro da União de Compositores da URSS Nikolai Minkh, de um dos artistas de jazz mais populares da URSS Eddie Rosner e do maestro e compositor pop soviético Viktor Knushevitsky.


As composições serão executadas por dois conjuntos brilhantes: a Orquestra Sinfônica da Rádio Orpheus, sob a batuta do diretor artístico e regente-chefe Serguei Kondrashev, e a Grande Orquestra de Jazz de Pyotr Vostokov.


O convidado especial da noite foi o lendário músico, trabalhador artístico homenageado da Federação Russa, compositor soviético e russo Anatoly Kalvarsky.


A Orquestra da Rádio Orpheus foi criada em 1997. Ela é justamente considerada a sucessora das melhores tradições das orquestras sinfônicas da Gosteleradio da URSS. A orquestra se apresenta regularmente nos principais locais de concertos da capital.


A rede internacional de TV BRICS e a Rádio Orpheus estão cooperando desde 2022. O principal objetivo da parceria é criar uma imagem positiva da Rússia entre os públicos nacionais dos países do BRICS e popularizar a música acadêmica russa.


No Brasil, a TV BRICS intermediou a parceria da Rádio TODA PALAVRA com a Rádio Orpheus, de Moscou, para criação do programa 'Sons da Rússia', o primeiro do rádio brasileiro dedicado à música russa de concerto.


Fonte: TV BRICS (parceira do TODA PALAVRA)

コメント


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page