OTAN homenageia mulheres com foto de neonazista


A OTAN (Organização do Tratado do Atlântico Norte) fez uma postagem no Twitter em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, celebrado nesta terça-feira (8/3), com a foto de uma combatente das forças armadas ucranianas que traz no uniforme o 'sol negro'. O 'schwarze sonne' é um símbolo da Alemanha pós-nazismo, também usado por integrantes de correntes de satanismo.

Reprodução do Twitter

O desenho tem doze runas radiais, semelhantes aos símbolos empregados pela SS em seu logotipo, e foi esculpido no piso de mármore do salão principal do castelo de Wewelsburg, adquirido pelo chefe das SS, Heinrich Himmler, em 1933, para 'fins cerimoniais'.

Castelo de Wewelsburg / Reprodução

Até hoje o 'sol negro' é amplamente exibido por neofascistas, neonazistas, nacionalistas brancos e de extrema-direita, em bandeiras extremistas, camisetas, pôsteres, sites e em publicações associadas a esses grupos. A insígnia também é chamada por eles como a 'roda solar' ou 'sonnenrad'.


Na postagem, a OTAN fala da 'bravura e resiliência' das mulheres ucranianas, mas fica difícil crer que os integrantes da entidade desconheçam o símbolo e o que ele representa.


“Neste Dia Internacional da Mulher, pensamos nas notáveis mulheres da Ucrânia. Sua força, bravura e resiliência são símbolos do espírito de sua nação”, diz a publicação na conta oficial da OTAN no Twitter.



Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg