Paes apresenta novo BRT: 'sofrimento' de cara nova


(foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, apresentou nesta terça-feira (27) o novo modelo de ônibus que será usado na operação do sistema BRT na cidade. O veículo articulado, que agora será identificado com as cores amarela e prata, é mais moderno. Paes reconheceu que a população enfrenta dificuldades no serviço - sobretudo, superlotação -, mas destacou a “satisfação e uma alegria sem tamanho” ao receber o primeiro ônibus.


“Sabemos que a população está sofrendo e, infelizmente, não é simples adquirir novos ônibus”, disse, prometendo para a primeira semana de dezembro ter o número suficiente para reinaugurar a linha expressa Transolímpica.


Também estiveram no evento, realizado na garagem do BRT, em Curicica, na zona oeste da capital, a secretária municipal de Transportes, Maína Celidonio, e a presidente da Companhia Municipal de Transportes Coletivos (CMTC Mobi-Rio), Claudia Secin.


Segundo o cronograma, mais ônibus novos devem estar disponíveis na Transcarioca no fim de janeiro e início de fevereiro, já com todas as estações reformadas. A Transoeste será a última a receber os modelos novos porque ainda passa por obras no piso da pista.


“Nela, os passageiros vão ter mais ofertas de ônibus no primeiro semestre de 2023, mas ainda operando com os antigos. Esperamos que, assim, a população volte ao serviço adequado e viagem com conforto”, pontuou o prefeito, pedindo que os usuários tenham cuidado e carinho com os novos ônibus, porque os veículos foram comprados com dinheiro dos impostos e danificá-los significa atingir o próprio bolso.


Para acelerar a recuperação do BRT, a Secretaria Municipal de Transportes fez licitações em abril e maio de 2022 para a compra de 291 novos veículos para o sistema. Entre eles, 220 são articulados e 71 ônibus do tipo padrão. A previsão é que os novos veículos sejam entregues entre outubro deste ano e março de 2023.


Ainda este ano, a prefeitura vai licitar mais 270 articulados. A entrega está prevista para o período de outubro de 2023 a março de 2024.


Mais 'conforto'

Espaço interno do novo modelo de ônibus do BRT a partir de outubro (Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Segundo a prefeitura, o articulado apresentado hoje é da multinacional brasileira Marcopolo, com chassi da fabricante Volvo e capacidade para transportar até 181 passageiros.


“O modelo conta com tecnologias como sistema de próxima parada, com aviso por meio de dispositivos audiovisuais que alertam sobre as próximas estações de desembarque, ar-condicionado, botão de pânico na cabine do motorista, sistema de comunicação do motorista aos passageiros com microfone instalado na cabine do motorista, aviso sonoro de fechamento das portas de embarque e desembarque e tomadas USB em todas as poltronas”, informou.


O novo modelo tem também circuito fechado de TV, que permitirá ao motorista visualizar as imagens das câmeras internas do veículo. O novo BRT é composto por painel que mostra a velocidade do veículo, cabine segregada para o motorista, câmera de marcha à ré e sistema de iluminação diferenciada, com cromoterapia no interior do veículo.


A secretária Maína Celidonio disse que a frota foi planejada para dar conforto à população e acabar com a lotação por meio de uma frequência muito alta de ônibus. “Os novos modelos têm três rampas de acessibilidade e mais assentos para essas pessoas”, completou.


Reestruturação

Desde o ano passado, quando assumiu a gestão do sistema, a prefeitura do Rio vem atuando para melhorar a eficiência do BRT. Até agora, foram reformadas 46 estações que estavam fechadas e outras 23 foram remodeladas.


“Entre outros projetos, estão as obras em andamento de construção do BRT Transbrasil, que terá 18 estações e quatro terminais, incluindo o Terminal Intermodal Gentileza [na região portuária], que vai integrar o BRT ao VLT e linhas de ônibus municipais”, acrescentou a prefeitura.


Fonte: Agência Brasil

300x250px.gif
728x90px.gif