top of page

Pais levam pequenos no 1º dia de vacinação contra a covid

A Prefeitura de Niterói iniciou, nesta sexta-feira (18/11), a vacinação contra a Covid-19 em crianças com idade entre 6 meses e 2 anos com algum tipo de comorbidade, de acordo com as orientações do Ministério da Saúde e Secretaria do Estado de Saúde do Rio de Janeiro. A imunização ocorrerá com a vacina Pfizer pediátrica em quatro unidades de saúde localizadas em diferentes regiões da cidade. Os postos ficam nos bairros de São Lourenço, Vital Brazil, Engenhoca e Itaipu.

Vanessa e o filho Gabriel / Foto: Alex Ramos / Prefeitura de Niterói

O secretário municipal de Saúde, Rodrigo Oliveira, alerta sobre a importância de manter a vacinação em dia e seguir algumas medidas de proteção.


“A imunização contra a Covid-19 é fundamental para a população, portanto não deixem de levar as crianças dessa faixa etária para tomarem a vacina. Além disso, é muito importante manter a caderneta atualizada em todas as idades. Seguimos em repescagem contínua para a segunda dose de reforço de pessoas com 18 anos ou mais. A terceira dose é destinada para adolescentes de 12 a 17 anos, com intervalo de quatro meses da segunda dose. O município ainda mantém vacinas para aplicação da primeira e segunda doses em crianças entre 5 a 11 anos, adolescentes de 12 a 17 anos e pessoas a partir de 18 anos”, afirma o secretário.


Vanessa de Castro Carvalhal, de 43 anos, é médica e foi uma das primeiras a chegar ao local de vacinação com o pequeno Gabriel que é portador da Trissomia do Cromossomo 21, conhecida popularmente como Síndrome de Down.


“Nossa expectativa sempre foi alta e positiva. Ficamos muito felizes com a liberação da vacina para a faixa etária dele. Esse foi o evento mais esperado desde o início da pandemia em 2020. A imunização representa uma dose de esperança e ‘um olhar positivo’ para o futuro. A vacinação vai muito além da prevenção individual. Ao vacinar, estamos ajudando toda a comunidade a diminuir os casos de determinadas doenças”, declara Vanessa.

Eduarda Gaspar e Maria Antônia / Foto: Alex Ramos / Prefeitura de Niterói

Eduarda Gaspar, de 30 anos, levou a pequena Maria Antônia, de apenas 11 meses, ao posto logo pela manhã.


“Minha filha teve Covid com um mês de vida e foi desesperador. Ela tem problemas respiratórios, então essa vacina é um marco gigantesco, uma vitória muito grande nas nossas vidas. Esse é um dos dias mais felizes da vida da nossa família”, conta a mãe, emocionada, que agradeceu a Prefeitura e ao SUS.


Outra mãe que correu para garantir a vacina do filho foi Nathalia Ribeiro, de 31 anos, que compareceu à Policlínica Sérgio Arouca, no Vital Brazil.


“O Henrique, desde muito cedo, teve problemas respiratórios que evoluíram para pneumonia. Hoje ele faz uso contínuo de bombinhas e por isso temos muito medo dele pegar o vírus da Covid-19. A vacina é muito importante para toda a população, é uma forma de proteção coletiva. Espero que todos possam vacinar logo seus bebês. Nossa família está muito feliz. Nos sentimos gratos e abençoados”.


Vacina para bebês


O esquema primário de vacinação será composto por três doses: duas iniciais com intervalo de 4 semanas, seguidas por uma terceira após, no mínimo, 8 semanas.


As doses para esse público-alvo são aplicadas em quatro unidades de diferentes regiões da cidade, por conta do número reduzido de vacinas recebidas pelo Ministério da Saúde. São elas a Policlínica Regional Carlos Antônio da Silva, em São Lourenço; Policlínica Regional Sérgio Arouca, no Vital Brazil; a Policlínica Regional da Engenhoca e a Policlínica Regional de Itaipu.


Agendamento


A vacinação pode ser agendada pelo aplicativo Colab. Para realizar o agendamento, basta baixar o aplicativo Colab que está disponível gratuitamente na Play Store (Android) e App Store (iOS) e realizar o passo a passo de cadastro. O aplicativo também oferece a opção de remarcar a data e horário da vacinação, caso a pessoa não consiga comparecer no dia agendado. Para receber a imunização é necessário estar dentro do público-alvo e da idade, seguindo o calendário, de acordo com as diretrizes do Plano Nacional de Imunização.


Neste momento, o agendamento para as crianças de seis meses a dois anos está disponível até a próxima terça-feira, por conta do número de doses disponibilizadas pelo Ministério da Saúde.


Repescagem Contínua


Niterói continua com a aplicação da segunda dose de reforço de pessoas com 18 anos ou mais. A terceira dose é destinada para adolescentes de 12 a 17 anos, com intervalo de quatro meses da segunda dose. O município ainda mantém vacinas para aplicação da primeira e segunda doses em crianças entre 5 a 11 anos, adolescentes de 12 a 17 anos e pessoas a partir de 18 anos.


Para receber a dose da vacina é necessário apresentar carteira de identidade, CPF e comprovante das doses anteriores. Para crianças e adolescentes é necessário a presença do responsável legal.


No momento está suspensa a vacinação da primeira dose contra a Covid-19 das crianças de 3 e 4 anos de idade. O município não recebeu do Ministério da Saúde repasse da CoronaVac. A imunização será retomada para esse público alvo assim que novas doses forem entregues. A segunda dose segue normalmente.


Locais de vacinação para crianças de 6 meses a dois anos:


Policlínica Sérgio Arouca – Rua Vital Brazil Filho, s/nº – Vital Brazil.

Policlínica Regional Carlos Antônio da Silva – Avenida Jansen de Melo, s/nº – São Lourenço.

Policlínica Regional Doutor Renato Silva – Avenida João Brasil, s/nº, Engenhoca.

Policlínica Regional de Itaipu – Est. Engenho do Mato s/nº – Itaipu.


Locais de vacinação para os outros públicos-alvo:


Policlínica Sérgio Arouca – Rua Vital Brazil Filho, s/nº – Vital Brazil.

Policlínica Dr. João da Silva Vizella – Rua Luiz Palmier, 726 – Barreto.

Policlínica Regional Carlos Antônio da Silva – Avenida Jansen de Melo, s/nº – São Lourenço.

Policlínica Regional de Piratininga Dom Luís Orione – Rua Dr. Marcolino Gomes Candau, 111– Piratininga.

Policlínica Regional Doutor Renato Silva – Avenida João Brasil, s/nº, Engenhoca.

Policlínica Regional do Fonseca Dr Guilherme Taylor March - Rua Desembargador Lima Castro, 238 – Fonseca

Policlínica Regional de Itaipu – Est. Engenho do Mato s/nº – Itaipu

Policlínica Regional do Largo da Batalha – Rua Ver. Armando Ferreira, 30 – Largo da Batalha

Novo Ponto em Jurujuba – Av. Carlos Ermelindo Marins s/nº – Jurujuba (em frente ao Colégio Estadual Fernando Magalhães)


Unidades Básicas de Saúde (UBS): Morro do Estado, Santa Bárbara, Engenhoca.


Médico de Família da Grota I, Grota II, Ilha da Conceição, Leopoldina, Teixeira de Freitas, Vila Ipiranga, Jurujuba, Várzea das Moças, Alarico, Atalaia, Cafubá I, Cafubá III, Cantagalo, Caramujo, Coronel Leôncio, Jonathas Botelho, Maceió, Marítimos, Martins Torres, Maruí, Matapaca, Boa Vista, Preventório II, Sapê, Souza Soares, Viçoso Jardim, Viradouro, Badu, Vital Brazil, Jacaré e Engenho do Mato.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói