Palestra alinha práticas pedagógicas à cultura indígena

A Secretaria de Educação de Niterói e a Fundação Municipal de Educação (FME), em parceria com os Giros Curriculares e CNPq, promoverão, na próxima quarta-feira (13/4), a palestra “Pensamento Ameríndio e Educação” que será ministrada pelo doutor Ronielle de Azevedo Lopes, professor de Filosofia no Campus Rural de Marabá (PA) do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Pará.

Foto: Agência Brasil

O evento será realizado em dois horários e locais diferentes. O primeiro acontecerá às 10h, no auditório Darcy Ribeiro, localizado na Rua São Pedro, 108, e o segundo, às 15h, no auditório Amaury Pereira Muniz, na FME, que fica na Rua Visconde do Uruguai, 414, ambas no Centro de Niterói.


Ronielle lidera o grupo de pesquisa "Saberes tradicionais e etnosintropia no Vale do Tocantins-Araguaia". É Mestre em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e Doutor em Educação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). Além disso, é membro dos grupos de pesquisa "Currículo, Cultura e Diferença" e "Territórios Indígenas e Etnoenvolvimento".


Segundo Cristiane Gonçalves, Coordenadora de Educação na Diferença da SME, a palestra vai ao encontro do que propõe a Educação em Niterói:


"É necessário fortalecer o processo de descolonização dos currículos, por uma pedagogia da vida, nas Cosmovisões Indígenas e por um currículo na/com a diferença", explica Cristiane.


O evento faz parte da agenda de formação continuada, desenvolvida pela SME e FME, que tem o objetivo, segundo estes órgãos, de alinhar as práticas pedagógicas com os saberes indígenas, promovendo a educação inclusiva e instrutiva.


A palestra é destinada aos profissionais da Rede Municipal de Educação de Niterói e para se inscrever é necessário preencher o formulário.O número de vagas é limitado.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói


Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg