Parceria da prefeitura traz aplicativo Táxi.Rio para Niterói


Aplicativo vai beneficiar 2,5 mil motoristas de táxi de Niterói / Douglas Macedo

A Prefeitura de Niterói assinou, nesta quinta-feira (19), um termo de cooperação com a Prefeitura do Rio de Janeiro para implementação do aplicativo Taxi.Rio Cidades. Desenvolvido pela Empresa Municipal de Informática do Rio (IplanRio) o aplicativo, que já pode ser baixado no celular dos usuários, permite que o passageiro solicite um táxi com até 40% de desconto na corrida. O Taxi.Rio Cidades conta com 1,2 milhão de passageiros cadastrados e realiza uma média de 1 milhão de corridas por mês apenas na capital. Sem qualquer cobrança de taxa de serviço para os taxistas, a ferramenta foi criada para alavancar a categoria frente à concorrência de aplicativos de transporte. A ferramenta já está disponível para os 2.500 taxistas de Niterói, mas eles precisarão fazer, presencialmente, a validação do cadastro na Subsecretaria Municipal de Transportes, a partir de segunda-feira (23).


O compromisso foi firmado durante evento no Teatro Popular Oscar Niemeyer, que reuniu cerca de 300 taxistas, representantes daquele sindicato, e diversas autoridades, dentre essas, o vice-prefeito de Niterói, Paulo Bagueira, o secretário municipal de Urbanismo e Mobilidade, Renato Barandier, o deputado federal Pedro Paulo Carvalho, ex-secretário de Fazenda e Planejamento do Rio, e o presidente da Iplan, Cláudio Fonseca. Diagnosticado com Covid-19, o prefeito de Niterói, Axel Grael, participou remotamente da cerimônia. Axel lembrou da importância da parceria entre os taxistas e a Prefeitura.


“Essa parceria é muito bem-vinda. Esse foi um trabalho de muitas mãos. O fato de ser um aplicativo que será usado pelos dois municípios é uma vantagem. Quando o niteroiense estiver no Rio ele poderá utilizar essa ferramenta com facilidade. O aplicativo é bom para o taxista e para o usuário. É uma estratégia importante para os problemas do trânsito da cidade. No passado, todos queriam ter carteira de motorista. Hoje em dia esse hábito mudou. As pessoas estão se acostumando a usar mais o táxi, o que ajuda na gestão da mobilidade da nossa cidade, ao diminuir o número de veículos transitando”, analisou o prefeito.


Já Celso Wermelinger, presidente do Sindicato de Taxistas de Niterói, salientou a importância da divulgação para que a ferramenta seja rapidamente implantada.


“Num primeiro momento esperamos a adesão de cerca de mil taxistas porque há a necessidade de fazer a validação do cadastro e, entendemos, que existem pessoas com um pouco mais idade que terão um pouco mais de dificuldade. Mas, vamos orientar a todos que precisarem e divulgar o mais rapidamente possível, para que toda a categoria possa fazer uso desse aplicativo no menor tempo possível”, disse.


O ex-secretário municipal de Fazenda e Planejamento do Rio, o deputado federal Pedro Paulo Carvalho destacou a importância do aplicativo para a categoria e incentivou o uso desse serviço de transporte.


"O Taxi.Rio atua nas falhas de mercado, geradas pelos apps de transporte, que sufocam os motoristas com taxas exorbitantes. E o Taxi.Rio entra justamente nessas falhas como uma alternativa real para os taxistas e passageiros. Lembro ainda que há uma questão de segurança importante para o cidadão. Se houver qualquer problema com um taxista, ou uma corrida, o cliente pode identificá-lo de imediato através do cadastro que há na Prefeitura. Isso não ocorre com outras modalidades. O táxi não morreu e não vai morrer. É mais seguro, homologado e contribui de fato para a cidade", destacou o deputado.

Plataforma digital de intermediação de corridas Dados do 1º trimestre de 2022 mostram que o número de corridas realizadas subiu 89% em relação ao mesmo período de 2019 (2,46 milhões vs. 1,3 milhão). Em paralelo, o tempo de aceite das corridas caiu 38% e o tempo de embarque, 17%. O Táxi.Rio Cidades é uma plataforma digital de intermediação de corridas gerida pela IplanRio e reúne cerca de 32,4 mil taxistas cadastrados. O aplicativo, que pode ser baixado no celular do usuário, permite que o passageiro solicite um táxi com até 40% de desconto e não exige, do motorista, nenhum tipo de pagamento pelo uso do serviço. A ferramenta foi lançada em 2017 com o objetivo de reduzir custos associados ao transporte de servidores públicos e funcionar como uma alternativa ao aluguel de veículos e contratação de serviços de cooperativas de táxis por parte do poder público. Hoje, o aplicativo conta com 1,2 milhão de passageiros cadastrados e contabiliza 1 milhão de corridas por mês.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg