Partido de Moro indica Bivar como candidato à presidência

Atualizado: 15 de abr.


Sergio Moro e Luciano Bivar (Foto: Wikimedia Commons)

Nesta quinta-feira (14), o partido União Brasil aprovou o seu pré-candidato à presidência da República. O ex-juiz, que havia se lançado como pré-candidato, foi escanteado. A disputa da sigla será representada pelo deputado federal Luciano Bivar.

O União Brasil - fusão entre PSL e DEM formalizada em fevereiro -, que já nasceu com a maior cota (cerca de R$ 770 milhões) do fundão eleitoral para este ano, agora vai buscar outras legendas, segundo o vice-presidente do partido, Antônio de Rueda, na tentativa de formar uma frente de enfrentamento ao presidente Jair Bolsonaro (PL) e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições de outubro.

O anúncio de Bivar como pré-candidato deixa claro que o ex-juiz e ex-ministro do governo Bolsonaro, Sergio Moro, não poderá vir como presidenciável. Moro deixou o Podemos, onde era tratado como candidato ao Executivo, e entrou para o milionário União Brasil no final de março.

No entanto, ao entrar na sigla, Moro sofreu resistência por uma ala do partido que não queria sua candidatura e preferia que o ex-juiz concorresse ao cargo de deputado federal pelo estado de São Paulo.

No momento, a postura de Moro é de que ainda não saiu do jogo presidencial, como disse anteriormente, e que continua "como um soldado da democracia" sem deixar claro para o que vai se candidatar.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg