Pastor Silas Malafaia pede 'intervenção militar já!'

Atualizado: Mar 20


Família: Silas Malafaia ladeado pelo pastor Everaldo e o ex-deputado Eduardo Cunha, ambos presos (Reprodução)

Menos de 48 horas depois de o presidente Jair Bolsonaro voltar atrás e decidir perdoar a dívida bilionária de igrejas evangélicas, o pastor Silas Malafaia usou sua rede social, não para agradecer, mas pedir "intervenção militar já!" no Brasil. Isso também, 24 horas depois de ter pedido a Bolsonaro que "convoque as forças armadas. a lei e a ordem têm que ser estabelecidas", compactuando com a fala do presidente de que o Brasil vive um “estado de sítio” decretado por governadores e prefeitos na luta contra a Covid-19..

Mas o pastor não demorou a "mudar de opinião". Logo após o seu post ganhar repercussão na grande mídia, às 12h09, o dono da Igreja Evangélica Assembleia de Deus Vitória em Cristo mudou o conteúdo da publicação e, no lugar de "intervenção militar já", escreveu "Forças Armadas nas ruas já!". Vale lembrar que o deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ) se encontra preso (agora em prisão domiciliar) desde 23 de fevereiro por atentar contra a Lei de Segurança Nacional, ao pedir intervenção militar através de um novo AI-5 (Ato Institucional mais duro do pós golpe militar de 1964). Também tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) um inquérito que investiga dezenas de bolsonaristas, incluindo 10 deputados, por disseminação e financiamento de atos antidemocráticos.

Na quarta-feira, um acordo entre o Congresso e o presidente Bolsonaro permitiu a derrubada de seu próprio veto, perdoando dívidas de R$ 1,4 bilhão das igrejas e templos religiosos em tributos.

De acordo com reportagem de Carta Capital, igrejas e organizações evangélicas são a maioria entre as entidades religiosas devedoras - elas representam mais de 87% do total -, enquanto a arrecadação cresceu 40% em 10 anos.

Tanto Jesus Cristo como o apóstolo Paulo mostraram ser correto pagar impostos a “César”, ou às “autoridades superiores”. (Mt 22:17-21; Ro 13:1, 7; Jesus, no seu Sermão do Monte, advertiu contra “falsos profetas” e disse: “Pelos seus frutos os reconhecereis. Será que se colhem uvas dos espinhos ou figos dos abrolhos? Do mesmo modo, toda árvore boa produz fruto excelente, mas toda árvore podre produz fruto imprestável; a árvore boa não pode dar fruto imprestável, nem pode a árvore podre produzir fruto excelente. Toda árvore que não produz fruto excelente é cortada e lançada no fogo. Realmente, pois, pelos seus frutos reconhecereis estes homens.” (Mateus 7:15-20).

Silas Malafaia já foi indiciado em inquérito da Polícia Federal depois que os investigadores descobriram um cheque de R$ 100 mil entregue ao pastor pelo advogado Jader Pazinato, suspeito de desvio de royalties de mineração e pagamentos de propina a agentes públicos. Quando as acusações explodiram em 2017, Malafaia argumentou publicamente que o pagamento era uma doação de agradecimento por uma oração feita ao advogado.

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

1/3
300x250px - para veicular a partir do di
Leia também: