Pazuello anunciou início da vacinação para o dia 20


Ministro da Saúde, Eduardo Pazuello (Foto: Agência Brasil)

Segundo a Frente Nacional de Prefeitos (FNP), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, prometeu em reunião que a vacinação contra a Covid-19 começará em todo o país na próxima quarta-feira, dia 20. A data só depende de a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberar o uso emergencial das vacinas Coronovac e Oxford. A decisão da Anvisa sai no domingo (17).

Nesta quinta-feira (14), Pazuello se reuniu com cerca de 130 prefeitos - a maioria, virtualmente. Na véspera, o secretário executivo do Ministério da Saúde, Élcio Braga, havia informado que a imunização começará, somente nas capitais, de três a cinco dias após a Anvisa autorizar o uso emergencial de alguma vacina.

Por meio do Twitter, o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), comemorou o resultado do encontro e explicou que serão distribuídas oito milhões de doses no Brasil na semana que vem.

"De acordo com @ministropazuelo, próxima segunda chegam as 2 milhões de doses da Astrazeneca (também chamada vacina de Oxford) para estados. Há também as 6 milhões da Coronavac. Anvisa liberando domingo, distribuem na terça para iniciar na quarta, dia 20. Ou seja: 8 milhões de doses para janeiro", escreveu Loureiro (DEM), que ainda acrescentou que a aposta do governo não é a importação, mas a produção de imunizantes no Brasil com transferência de tecnologia.

Prefeituras como as de Curitiba, Maringá, Salvador, Cuiabá, Ribeirão Preto e Aracaju também informaram após a reunião que o governo marcou a data para o dia 20..

"Em Curitiba, vamos vacinar primeiro os grupos prioritários. Os 70 mil profissionais de saúde, e todos os idosos de Curitiba, que são perto de 300 mil pessoas", afirmou o prefeito Rafael Greca (DEM). "Será em 20 de janeiro".

No momento, a Anvisa analisa os pedidos para registro das vacinas de Oxford e CoronaVac. De acordo com a agência, a resposta será anunciada no domingo.

​Voo para buscar vacinas é adiado

O presidente da Frente Nacional dos Prefeitos, Jonas Donizete, ex-prefeito de Campinas, no entanto, afirmou que o início da vacinação pode ser alterado em função de eventual atraso no voo que vai buscar dois milhões de doses da vacina de Oxford na Índia.

Avião da Azul estava programado para sair nesta quinta-feira de Viracopos, em Campinas, com destino a Mumbai, na Índia. No entanto, a saída do voo foi adiada para sexta-feira (15).

Donizette explicou que, de acordo com o Ministério da Saúde, cinco milhões de brasileiros serão vacinados neste primeiro momento: dois milhões receberão a primeira dose da vacina da AstraZeneca. Outras três milhões de pessoas receberão duas doses da Coronavac. A primeira na semana que vem e a segunda 21 dias depois.

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

Leia também:

Editor Responsável: Luiz Augusto Erthal.

Redação e Comercial: Rua Santa Clara, 32, Ponta d'Areia, Niterói, RJ

CEP 24040-050 | (21) 2618-2972 | jornaltodapalavra@gmail.com

Os conceitos emitidos nas matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião do jornal. As colaborações, eventuais ou regulares, são feitas em caráter voluntário e aceitas pelo jornal sem qualquer compromisso trabalhista. © 2016 Mídia Express Comunicação.

A equipe

Editor Executivo: Luiz Augusto Erthal. Editor Rio: Vanderlei Borges. Editor Niterói: José Messias Xavier. Editores Assistentes: Apio Gomes e Osvaldo Maneschy. Editor de Arte: Augusto Erthal. Financeiro: Márcia Queiroz Erthal. Circulação, Divulgação e logística: Ernesto Guadalupe.

Uma publicação de Mídia Express 
Comunicação e Comércio Ltda.
Rua Santa Clara, 32, Ponta d’Areia, Niterói, Est. do Rio,

Cep 24040-050. 
Tel.: (21) 2618-297

jornaltodapalavra@gmail.com

  • contact_email_red-128
  • Facebook - White Circle
  • Twitter - White Circle