Peça sobre o abolicionista Luiz Gama é encenada na Alerj


Em iniciativa da deputada estadual Renata Souza, em parceria com o Departamento Cultural da Alerj e Olhos d’Água, será encenada nas escadarias do Palácio Tiradentes, na Praça 15, nesta terça-feira (24/8), às 18h, a peça teatral Luiz Gama, uma Voz pela Liberdade. Com os atores Deo Garcez e Soraia Arnoni, a peça conta a história do principal líder abolicionista brasileiro e da luta antirracista no país.

Jornalista, poeta, escritor, Luiz Gama, filho de Luiza Mahin e de um fidalgo de origem portuguesa, foi vendido aos 10 anos como escravo pelo próprio pai para cobrir dívidas de jogo. Aos 18, conseguiu fugir da fazenda em Limeira para onde havia sido levado, estudou por conta própria, tornou-se defensor de escravos e conseguiu a libertação de mais de 700 pessoas negras.

“Houve um apagamento da importância na história do Brasil de Luiz Gama. Precisamos desconstruir a ideia de que a abolição foi uma concessão da Princesa Isabel, mas, sim, de muita luta do próprio povo negro e do sangue dos muitos que tombaram. Celebrar a vida e a luta de Luiz Gama é uma forma de corrigir esse desvio da história e assim estimular a luta do povo negro que ainda hoje precisa enfrentar o racismo estrutural, do Estado e da sociedade, que até hoje elimina a vida de jovens como a Kethlen, com um filho no ventre, ou discrimina e invisibiliza pessoas por sua raça e a sua cor”, disse Renata Souza.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg