Perícia criminal descarta violência sexual em bebê em SG


Foto: Reprodução

Uma perícia criminal descartou que um bebê de 9 meses tenha sofrido abuso sexual em São Gonçalo. A criança foi levada pelos pais ao Hospital Infantil Darcy Souza Vargas, no bairro Zé Garoto, na manhã de quinta-feira (2/6), já sem vida. O resultado da perícia foi divulgado nesta sexta-feira (3/6).


De acordo com o exame, a morte foi decorrente de uma broncoaspiração, e as lesões nas partes íntimas foram causadas pelo tempo sem limpeza. Na quinta-feira (2/6), após o fato ser registrado, a mãe e o padrasto foram encaminhados para a 72ª (DP), onde prestaram depoimento. Médicos da unidade também prestaram depoimento.


Segundo as informações do caso, a equipe médica tentou manobras de reanimação no bebê quando os pais deram entrada no hospital, mas não teve êxito. Após constatar a morte, a médica pediu a limpeza do bebê, que estava defecada e urinada, e nessa ocasião viu as lesões íntimas. Em seguida, a polícia foi acionada.


O corpo do bebê foi levado para o Instituto Médico Legal (IML), onde foi descartado o crime de estupro. O caso foi registrado como Morte sem Assistência Médica, e todas as partes foram liberadas.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg