top of page

Pesquisa Ipespe mostra que brasileiros estão mais otimistas

Atualizado: 14 de set. de 2023


Pesquisa Febraban-Ipespe, divulgada nesta quarta-feira (13), aponta um cenário de melhora no ambiente econômico nacional. Segundo a pesquisa, a avaliação de que o Brasil está melhor avançou de 37% em abril para 48% em agosto, um aumento de 11 pontos. Em relação à pesquisa anterior, de junho, o crescimento foi de 7 pontos. A parcela dos que veem uma situação pior caiu de 24% para 19% no último bimestre.


O percentual dos entrevistados que acreditam que o Brasil vai melhorar até o final de 2023 cresceu de 53% em junho para 59% em agosto, maior percentual da série histórica. Os pessimistas, que acreditam em piora, se reduziram de 24% para 18%; e aqueles que não preveem mudanças no quadro até o final do ano continuam a somar um quinto dos entrevistados (20%).


Sobre o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), a pesquisa aponta que a aprovação alcançou 55%, maior patamar desde o início do ano. Ao mesmo tempo, houve queda na desaprovação, que chegou a 38%.


A aprovação do governo chega a 65% no Nordeste, de acordo com o levantamento, e tem o pior desempenho na região Norte, com 43% dos entrevistados.


"Os resultados dessa edição do Radar Febraban refletem em grande medida o ambiente econômico favorável apontado nas últimas avaliações e projeções divulgadas, que indicam desaceleração da inflação, redução da taxa de juros, queda do desemprego, aumento do consumo e adesão às medidas para redução do endividamento", afirma em nota o presidente do conselho científico do Ipespe, Antonio Lavareda, citado pelo G1.


Outro dado positivo para o governo do presidente Lula, a pesquisa também mostra que é grande o conhecimento e interesse do brasileiro pelo Programa Desenrola Brasil, de renegociação de dívidas do Governo Federal com a participação dos bancos, lançado em 17 de julho. Os números mostram que subiu de 45% em junho para 70% em agosto o conhecimento sobre o programa. Junto com a ampliação do conhecimento sobre o Desenrola, avança a adesão ou o interesse em participar, chegando a mais de sete em cada dez (73%) entre aqueles que possuem dívidas.


A pesquisa Ipespe-Febraban foi realizada entre os dias 28 de agosto e 1º de setembro, com 2 mil pessoas nas cinco regiões do País. A margem de erro é de 2,2 pontos porcentuais para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95,5%.



コメント


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page