Petrobras anuncia gasolina e diesel mais caros


(Fotos Públicas)

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (28) que vai aumentar em 4% o preço médio do diesel em suas refinarias e em 5% o da gasolina a partir de terça-feira (29). A nova alta no preço dos combustíveis é a segunda em duas semanas.

O anúncio da empresa ocorre em meio a uma alta do petróleo nas últimas semanas e uma desvalorização do real frente ao dólar nos últimos dias.

Com o aumento, o preço médio do diesel no Brasil passará a ser de R$ 2,02 por litro. Já o preço médio da gasolina para as distribuidoras será de R$ 1,84 por litro.

Segundo a Petrobras, os preços dos seus combustíveis seguem a chamada paridade de importação, impactada por fatores como as cotações internacionais do petróleo e o câmbio.

Venda em fatias

Na semana passada, a Petrobras anunciou a venda de mais uma de suas empresas lucrativas, a Liquigás Distribuidora S.A, para o consórcio formado pela Itaúsa (holding que controla o Itaú) e pelas distribuidoras de gás Copagaz e Nacional Gás Butano (NGB). A operação foi finalizada com o pagamento de R$ 4 bilhões à Petrobras. Somente em 2018 a Liquigás obteve lucro bruto de R$ 1,2 bilhão, segundo a Associação dos Engenheiros da Petrobras (Aepet), que vem denunciando o 'fatiamento' da Petrobras pelo governo de Jair Bolsonaro.

A Liquigás detém cerca de 21,4% de participação de mercado e.está presente em quase todos os estados, contando com 23 centros de operação, 19 depósitos, uma base de armazenagem e carregamento rodoferroviário e uma rede de 4.800 revendedores autorizados.

Ainda de acordo com a Aepet, na contramão das grandes companhias de petróleo, ao vender suas principais subsidiárias, como distribuidoras e redes de gasoduto, a empresa passa a concentrar, cada vez mais, seus recursos na exploração e produção de petróleo bruto. E a atual diretoria não esconde, dito pelo próprio presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, que a companhia está focada "no que traz mais valor para os nossos acionistas".

Enquanto isso, diante da falácia do governo que a venda das subsidiárias beneficiará o consumidor, os preços dos combustíveis só têm aumentado.

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

1/3
300x250px - para veicular a partir do di
Leia também: