top of page
banner niteroi carnaval 780x90px 16 02 24.jpg

PF bloqueia R$ 126 mi de traficantes que moram de frente para praia no Rio


Apartamentos de luxo, na Barra da Tijuca, sequestrados por determinação da Justiça Federal (Foto: Divulgação/PF)

Uma operação deflagrada pela Polícia Federal (PF) na manhã desta quinta-feira (16) cumpriu oito mandados de busca e apreensão e sete de medidas cautelares em endereços de luxo no Rio e em Nova Iguaçu, na região metropolitana. O alvo das buscas, feitas por cinquenta agentes, é uma quadrilha que atua na lavagem de dinheiro do tráfico internacional de drogas. Os mandados foram expedidos pela 3ª Vara Federal Criminal.


Entre os bens sequestrados, no valor de até R$ 126 milhões, figuram dois apartamentos de luxo, que ficam de frente para a praia, na Barra da Tijuca, uma das áreas mais nobres do Rio. Um deles pertence a um homem apontado como líder da quadrilha. Na garagem do imóvel, foi apreendido um carro de luxo blindado.


Uma casa em Angra dos Reis, área turística na Costa Verde no estado do Rio, carros de luxo e motos aquáticas também fazem parte da lista de bens sequestrados pela operação.


Segundo a PF, a ação desta quinta-feira é a segunda fase da operação Tamoios, deflagrada em 2021, que investigou o tráfico de cocaína transportada do Rio de Janeiro para o Espírito Santo por meio de rodovias. No Espírito Santo, pequenas embarcações pesqueiras eram usadas por mergulhadores profissionais para se aproximar de cascos de navios com destino à Europa, onde a droga era acoplada.


A segunda fase da operação mira o esquema usado pelos traficantes para ocultar o dinheiro proveniente do tráfico.


"De acordo com as investigações, o grupo criminoso utilizava sofisticados meios para ocultar e dissimular a origem de bens adquiridos mediante recursos advindos de suas atividades criminosas, em especial o tráfico transnacional", informou a PF.



Chamada Sons da Rússia5.jpg
banner niteroi carnaval 300x250px 16 02 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page