PF efetua prisões e explode máquinas em garimpo ilegal


Policiais em ação durante Operação Guaraci contra garimpo ilegal em zona de alto risco (Foto: Polícia Federal)

A Polícia Federal (PF) realiza desta quarta-feira (18) a Operação Guaraci para combater a extração ilegal de ouro e manganês na área da linha de transmissão de energia elétrica da Usina de Belo Monte, no Pará, distribuída para o restante do país. Além de prisões em flagrante, os agentes apreenderam e explodiram no local maquinários, como retroescavadeiras, motores e esteiras, usados na extração criminosa.

De acordo com o departamento da PF em Marabá (PA), foram cumpridos 16 mandados de busca e apreensão e realizadas prisões em flagrante - número não especificado.

De acordo com a PF, a mineração ilegal na região pode comprometer a distribuição de energia elétrica no país. Com o avanço das escavações, a terra que sustenta as torres pode ceder e derrubar a linha de transmissão.

Maquinário usado no garimpo ilegal é explodido no local da apreensão no Pará (Foto: Divulgação/PF)

Essa extração ilegal ocorre sob a Linha de Transmissão Xingu/Estreito, que além do Pará, passa também por Tocantins, Goiás e Minas Gerais.

Mais de 30 viaturas e três helicópteros foram usados na operação. Participaram 65 policiais federais, 24 policiais rodoviários federais, 30 integrantes da Força Nacional e servidores do Ibama e Agencia Nacional de Mineração (ANM).


Agentes federais e uma esteira apreendida no garimpo ilegal (Foto: Divulgação/PF)

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg