PF faz ação contra comércio irregular de armas na Região dos Lagos


Foto: Reprodução

Policiais federais deflagraram, na manhã desta quarta-feira (20/7), a Operação Ópla, com objetivo de combater o comércio ilegal de armas e investigar crimes de fraude em compras e registros. As ações ocorreram em cinco cidades da Região dos Lagos.


Ao todo, 60 policiais federais participaram da ação para cumprimento de 12 mandados de busca e apreensão que foram expedidos pela 5ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, para serem cumpridos nas cidades de Cabo Frio, Arraial do Cabo e Rio das Ostras, todas na Região dos Lagos.


Segundo nota da corporação, a operação se deu após a identificação de inconsistências em requerimentos de aquisição e registro de armas de fogo no âmbito da Delegacia de Polícia Federal em Macaé/RJ. Constatou-se que um despachante teria arregimentado laranjas para aquisição fraudulenta de armas de fogo, efetuando o pagamento de R$ 1 mil para cada pessoa que cedeu os dados.


Depois dessa aquisição e o registro do armamento, o despachante tirava a numeração do registro da arma e desviada para o crime organizado da região. A PF vai continuar investigando esses casos para identificar o tamanho dessa organização criminosa e identificar se existem mais pessoas envolvidas no esquema ilegal.


A Polícia Federal afirmou que continuará a investigação a fim de apurar e identificar a amplitude da organização criminosa, bem como o envolvimento de outras pessoas na prática dos crimes de falsidade ideológica e comércio ilegal de armas de fogo.

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif