top of page

PGJ recebe governador para tratar de Segurança Pública

O procurador-geral de Justiça, Luciano Mattos, recebeu em seu gabinete, na manhã desta quarta-feira (11/10), o governador Cláudio Castro; o procurador-geral do Estado do RJ, Bruno Dubeux; os secretários de Estado de Polícia Civil, José Renato Torres; de Polícia Militar, Luiz Henrique Marinho Pires e de Administração Penitenciária, Maria Rosa Lo Duca Nebel. A reunião foi para tratar de temas ligados à segurança pública, como operações policiais e a transferência de presos para unidades federais.

Divulgação / MPRJ

“A Segurança Pública é uma das nossas prioridades. Entendemos que para isso é necessário um trabalho de inteligência, articulação e integração. Temos atuação nas áreas de Investigação Penal, Criminal, Execução Penal, Infância e Juventude, além de Meio Ambiente e Urbanismo, um trabalho de integração de ocupação do solo. Hoje, o governador trouxe informações importantes sobre operações policiais que estão ocorrendo, e por determinação do Supremo Tribunal Federal, o Ministério Público acompanha essas operações. Para o MP é fundamental asfixiar financeiramente as organizações criminosas do nosso estado, permitindo com isso que elas sejam neutralizadas, ou seja, significativamente atingidas. E vamos buscar junto ao Poder Judiciário a transferência de lideranças dessas organizações”, afirmou o PGJ.


Claudio Castro também destacou a importância da integração entre as instituições.


“O Ministério Público tem sido nosso grande parceiro, junto com as forças federais, no combate à criminalidade. Hoje, a ideia aqui era que pudéssemos fazer um balanço das operações e olhar os próximos passos para, de forma conjunta, desarticular essas organizações criminosas. É importante a transparência para que a sociedade saiba o que está sendo feito. Conversamos também sobre a possibilidade de transferência de lideranças para presídios federais, uma lista que será feita em conjunto pelas forças estaduais e pelo Ministério Público, com um critério muito claro e sério na escolha dessas pessoas”, disse o governador.


Também participaram do encontro o chefe de gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça, David Francisco de Faria; o coordenador de Segurança e Inteligência do MPRJ, Eduardo Campos; os promotores de Justiça Fernanda Rocha Jorge e Atila Pereira de Souza, o secretário de Inteligência da Polícia Civil, Luiz Lima e o diretor de Inteligência, Pablo Valentim.


Fonte: MPRJ

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page