top of page

PGM lança revista para expandir conhecimento jurídico

Foi lançada, na Sala Nelson Pereira dos Santos, a primeira Revista da Procuradoria Geral do Município de Niterói (PGM). A publicação contém artigos e pareceres de procuradores de Niterói e de profissionais do meio jurídico convidados. A Revista era uma meta da PGM e o objetivo é expandir a excelência e o conhecimento jurídico dos procuradores da cidade para outras áreas do Poder Judiciário e da sociedade.

Divulgação

O prefeito de Niterói, Axel Grael, compareceu ao evento de lançamento da Revista da PGM e destacou a qualidade do trabalho dos procuradores municipais.


“A Procuradoria de Niterói é de excelência. Vemos isso pela qualidade dos pareceres e pela eficiência nas disputas jurídicas. Tenho plena confiança no trabalho desenvolvido pela Procuradoria. Para quem exerce um cargo de direção, ter uma assessoria jurídica competente faz toda a diferença. Nós temos isso em Niterói. A qualidade dos textos que estão nessa primeira edição da Revista mostra a capacidade intelectual dos nossos procuradores. Não é apenas uma análise técnica das leis, mas uma capacidade de desenvolver teses em torno do princípio da legislação. Essa Revista é aguardada há bastante tempo. Que através dela, os procuradores de Niterói sejam cada vez mais reconhecidos e valorizados”, afirmou Axel Grael.


O procurador geral de Niterói, Francisco Miguel Soares, afirmou que o objetivo é que a Revista seja publicada anualmente. Segundo ele, a Revista é um marco de um ciclo de dez anos da PGM.


“É um marco da nossa institucionalização. Conseguimos realizar esse projeto com o trabalho feito no dia a dia, ajudando na realização das políticas públicas, mas também demonstrando que a Procuradoria busca se atualizar e fazer trabalho relevante de cunho acadêmico. Essa relevância no meio jurídico é tão importante que conseguimos trazer excelentes convidados para escrever nesta primeira edição. É um trabalho que mostra a construção da Procuradoria de Niterói ao longo de dez anos. Também podemos produzir conhecimento jurídico”, explicou o procurador geral de Niterói.

O prefeito Axel Grael no lançamento da Revista / Divulgação

O subprocurador geral do município do Rio de Janeiro e ex-procurador geral de Niterói, Carlos Raposo, disse que a Revista valoriza os profissionais da cidade.


“A Revista é um marco institucional. Ela dá visibilidade à carreira e leva ideias inovadoras que são tratadas durante o trabalho na Procuradoria. É muito importante para a valorização da instituição. O objetivo da Procuradoria é sempre realizar um bom serviço jurídico que viabilize as políticas públicas. A Revista foi produzida com muito critério e o resultado é muito bom”, disse Carlos Raposo.


Além de secretários municipais de Niterói, também participaram do lançamento da Revista da PGM a coordenadora do Centro de Estudos Jurídicos da Procuradoria de Niterói, Raissa de Almeida Lima Pereira; e a presidente da Associação de Procuradores do Município de Niterói, Luma Marques Amaral.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói

300x250px.gif
728x90px.gif