top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

Polícia investiga origem do tolueno na água captada pela Cedae

A Polícia Civil do Rio de Janeiro investiga a origem do produto químico que foi encontrado na água bruta (ainda não tratada) no manancial de captação do Sistema Imunana-Laranjal, e que causou a interrupção do funcionamento do sistema.

De acordo com o delegado Wellington Vieira, da Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), os agentes retornaram nesta quinta-feira (4/4) a Guapimirim, onde fica o local de captação de água para tratamento, para continuar as investigações. Ainda não há suspeitas sobre a origem o produto químico.


Na quarta-feira (3;4), a Cedae paralisou a operação do Sistema Imunana-Laranjal após notar a alteração da qualidade da água. Com isso, moradores de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Maricá e Ilha do Paquetá, no Rio, estão parcialmente sem fornecimento desde às 5h59. A Cedae informou que, por enquanto, “não há um prazo para que o sistema volte ao normal”.


"A Cedae monitora de hora em hora a qualidade da água, mas ainda não há prazo para que o sistema volte a operar", afirmou em nota.


A companhia também acionou o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e uma equipe de emergência. A empresa orienta os moradores das cidades afetadas para que façam uso consciente da água, adiando tarefas não essenciais que exijam grande consumo.

Comments


Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page