Polícia procura mulher que assaltava com marido em Niterói


Foto: Divulgação

O Portal dos Procurados do Disque Denúncia divulgou, nesta segunda-feira (23/8), cartaz com a foto de Verônica Soares Moreira Silva Campos. Ela e o marido, Adriano Py da Silva Cordeiro — preso no último sábado (21/8) — são apontados como autores de inúmeros roubos na Região Oceânica de Niterói.


De acordo com a polícia, por atuarem em conjunto, o casal recebeu o apelido de “Bonnie e Clyde”, em referência ao casal americano que ficou famoso por cometer uma série de crimes na região central dos Estados Unidos, no fim dos anos de 1920. Considerada foragida da justiça, a acusada tem quatro anotações criminais, entre elas, roubo e receptação, e também já foi presa em outra ocasião.


“A gravidade dos delitos praticados pela dupla e a reincidência em sua prática, demonstra que o casal não se ressocializou após a prisão”, disse a delegada Raissa Celles, titular da 79ª DP (Jurujuba), responsável pela investigação.


Segundo a Polícia Civil, as investigações apontaram que Adriano não agia sozinho, sendo auxiliado por Verônica, sua companheira. A polícia acredita que Adriano já praticou cerca de vinte roubos no município de Niterói e mais outros no Rio de Janeiro, alguns em parceria com a companheira.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg