top of page

Policial que matou Floyd paga fiança de U$ 1 milhão


Momento em que o ex-policial de Minneapolis mata por asfixia o ex-segurança George Floyd (Reprodução)

O ex-policial de Minneapolis, Derek Chauvin, preso pelo assassinato do ex-segurança negro George Floyd, foi libertado nesta quarta-feira (7) após pagar fiança de US$ 1 milhão (R$ 5,62 milhões).

Chauvin foi libertado sob a condição de não voltar a trabalhar em segurança pública e de não se aproximar da família de Floyd. Também terá de abrir mão de suas licenças para usar armas de fogo.

O crime odiento contra George Floyd gerou uma onda de protestos pelo fim do racismo e da violência policial nos EUA e em todo o mundo.

Chauvin e os outros três ex-agentes que participaram da ação que terminou com a morte de Floyd devem ser julgados em março. Se for condenado, Chauvin pode pegar até 40 anos de prisão pelo homicídio. As informações foram publicadas pela agência Reuters.

Durante a abordagem policial, George Floyd teve o pescoço prensado no chão por Chauvin, durante oito minutos e 46 segundos. A cena foi filmada e viralizou nas redes sociais.

Os quatro policiais envolvidos na abordagem foram demitidos. Chauvin estava cumprindo pena em um presídio de segurança máxima.

コメント


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page