top of page

Povos indígenas se reúnem em Maricá para seminário internacional

Maricá vai ser ponto central das culturas indígenas durante esta semana. Com apoio da Prefeitura de Maricá, e da Companhia de Desenvolvimento de Maricá (Codemar), por meio da Biotec Maricá, representantes dos povos originários baseados na Costa Verde estarão na cidade, reunidos com indígenas locais e representantes de povos que vivem em outras regiões da América do Sul para o “VI Seminário Internacional América Indígena”, que será realizado na quinta-feira (9/11).

Divulgação

A atividade é organizada pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) e pela Secretaria Estadual de Saúde.


Educação e pesquisa


Os integrantes de aldeias localizadas nas cidades de Angra dos Reis e Paraty começam a chegar a Maricá ainda nesta terça-feira (07/11) e ficarão acomodados na aldeia Ka’aguy Hovy Porã (Mata Verde e Bonita), em São José do Imbassaí. No mesmo dia, estudantes das universidades envolvidas vão se reunir na conclusão do curso Jornada Educativa Sobre Saúde Indígena, no campus da Universidade de Vassouras, em Maricá.


A Biotec Maricá tem, dentro do projeto Farmacopeia Mari’ká, a meta de disseminar na sociedade e entre os profissionais de saúde os conhecimentos de povos tradicionais sobre plantas e ervas medicinais e fitoterápicas. É através deste projeto que a empresa apoia a iniciativa, juntamente com a estrutura da Prefeitura de Maricá.


Cúpula indígena


Entre o final do dia 7 (terça) e o durante o dia 8 (quarta) haverá uma reunião fechada entre as lideranças de cada povo. O “Encontro de Pajés e Detentores de Conhecimentos Tradicionais do Estado do Rio de Janeiro” acontecerá na própria aldeia e contará com conversas e rituais restritos aos povos envolvidos.


O “VI Seminário Internacional América Indígena” acontece no dia 9/11 (quinta), na sede do Instituto Darcy Ribeiro, vinculado à Prefeitura de Maricá. O objetivo do encontro é estimular o diálogo intercultural e as trocas solidárias entre o saber tradicional e o saber científico, visando a avançar em políticas públicas voltadas ao reconhecimento dos direitos de cidadania das comunidades fluminenses.


Programação


7/11 – Chegada dos indígenas – Aldeia Mata Verde e Bonita, em São José do Imbassaí


8h – Conclusão do curso Jornada Educativa Sobre Saúde Indígena, na Faculdade de Ciências Médicas de Maricá (Univassouras) – Avenida Roberto Silveira 437, Centro.


8/11 – Encontro de Pajés e Detentores de Conhecimentos Tradicionais do Estado do Rio de Janeiro – evento restrito aos povos envolvidos.


9/11 – VI Seminário Internacional América Indígena – Centro de Treinamento do Instituto Darcy Ribeiro, na Avenida Prefeito Ivan Mundin, Lote 12, Quadra 05, Boqueirão (entrada pela Rua Caibar de Souza Schutel).


8h30 – Acolhimento

9h – Abertura com os caciques das aldeias Mata Verde Bonita e Céu Azul, representantes da UFRRJ, UERJ, CEDIND, secretarias municipais da Participação Popular e Direitos Humanos e da Saúde de Maricá, Instituto Darcy Ribeiro e Biotec

9h30 – Apresentação do Coral Guarani

10h30 – Mesa 1: “Experiência em Saúde e Sustentabilidade nos Territórios”, por Luiz Henrique Chad Pellon (UNIRIO), representantes da Secretaria de Saúde Maricá e Fábio Henrique Arevalo (PUC-SP)

12h – Apresentação de painéis sobre os trabalhos nas escolas indígenas de Maricá

14h – Mesa 2: “Conhecimentos Tradicionais e Saúde”, por Graciela Pagliaro (SES-RJ/ Rede Raízes), Paulo Basta (ENSP) e cacique Ms. Algemiro da Silva (aldeia Sapukai)

16h30 – Conferência: “Condições sociais causadas pelas mudanças climáticas em mulheres e adolescentes de povos indígenas das terras baixas da Bolívia”, por Miguel Angel Canaza (UMSA – Bolívia).


Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Maricá

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page