top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

Prefeitura entrega primeira etapa da Rotatória de Camboinhas

No aniversário dos 450 anos de Niterói, a Prefeitura entregou, nesta quarta-feira (22/11), a primeira etapa das obras da nova Rotatória de Camboinhas, equipamento que vai contribuir para a melhora da mobilidade urbana na Região Oceânica.

Foto: Alex Ramos / Prefeitura de Niterói

Com investimento de R$ 15,8 milhões, o projeto executado pela Empresa Municipal de Moradia, Urbanização e Saneamento (Emusa) faz parte do Plano de Mobilidade de Niterói e tem como objetivo modernizar as vias de entrada e saida de Camboinhas, além de permitir um fluxo maior de veículos, otimizar o serviço de transporte público e incentivar o uso da bicicleta como meio de locomoção.


A conclusão da primeira fase contempla a praça central, um parcão, a ciclovia que fará conexão com o Parque Orla Piratininga Alfredo Sirkis (POP) e a ponte de saida de Camboinhas, que liga a Rua Professor Florestan Fernandes e a Avenida Almirante Tamandaré, permitindo o fluxo de quem sai de Camboinhas e também de quem vem de Piratininga.


A praça central da rotatória recebeu o nome de Stuessel Amóra, em homenagem a uma das maiores lideranças de Camboinhas, com papel relevante na defesa do meio ambiente na Região Oceânica.


O prefeito Axel Grael destacou a importância da Rotatória de Camboinhas e a escolha do nome da praça central.


"Stuessel era uma das pessoas mais representativas da história de Camboinhas. Ele liderou todo o processo de desenvolvimento do bairro e depois foi lider de uma experiência comunitária como a Sociedade Pró Preservação Urbanística e Ecológica Camboinhas (Soprecam). É muito representativo da Região Oceânica. A entrega dessa etapa com a praça e, em breve, a parte viária, vai minimizar o trânsito no local e é uma entrega muito importante para a cidade", explicou Axel Grael.

Foto: Alex Ramos / Prefeitura de Niterói

O ex-prefeito e atual secretário Executivo, Rodrigo Neves, afirmou que arotatória vai melhorar muito a mobilidade em Piratininga e Camboinhas.


"São 10 anos de investimentos que começaram no meu governo e continuam com o prefeito Axel Grael. Essa obra foi pensada no Plano de Mobilidade Urbana, que fizemos em 2019. E uma grande transformação na Região Oceânica, pois era esperada há décadas pelos

moradores, A Região Oceânica está passando por grandes obras de infraestrutura. É uma das prioridades do prefeito Axel", ressaltou Rodrigo Neves.


A entrega da próxima etapa das obras está prevista para dezembro, quando serão finalizadas a ponte de retorno e uma estação de ônibus nos mesmos moldes da Transoceânica.


O administrador da Região Oceânica, Binho Guimarães, afirmou que a Rotatória de Camboinhas é esperada pela cidade há muito tempo.


"Há muitos anos que moradores da região e da cidade queriam essa obra. Nada mais justo do que fazer parte dessa entrega numa data tão marcante. Isso vai ser de grande importância para a mobilidade de quem vai para Camboinhas e Piratininga. Estamos trabalhando para melhorar cada vez mais a Região Oceânica", disse Binho Guimarães.


Stuessel Amóra faleceu em 2022. A mulher, Maria Garceż Amóra, agradeceu a homenagem feita pela Prefeitura.


"Estou muito honrada e muito feliz. Foram muitos anos em que ele cuidou aqui do bairro com uma história muito forte com a Região Oceânica. A gente gente fica muito feliz tal em receber essa homenagem", disse Maria Garcez.

Foto: Alex Ramos / Prefeitura de Niterói

Entrega de ciclovia


O prefeito Axel Grael também inaugurou o lote 2 do sistema de ciclovias da Região Oceânica. Houve a implantação e requalificação de 10 quilômetros e meio de ciclovias, ciclofaixas e ciclorrotas.


Os destaques do projeto são a requalificação das ciclofaixas na Estrada Francisco da Cruz Nunes e Estrada de Itacoatiara; a requalificação da ciclofaixa da Rua Professor Carlos Nelson com um passeio para pedestres no canteiro central; a implantação da ciclofaixa da Rua Matias Sandri, chegando até a praia de ltacoatiara e a implantação da ciclovia da Avenida Florestan Fernandes.


Com a conclusão do lote 2, é possivel agora acessar as quatro principais praias da Região Oceânica por ciclovias.


"Niterói tem tudo a ver com bicicleta. Os investimentos que feitos nos últimos 10 anos dão resultado e as pessoas estão pedalando cada vez mais. É uma alegria imensa estar aqui e fazer uma entrega tão importante como o segundo lote de ciclovias da Região Oceânica. Todas as regiðes da cidade estão tendo investimentos na malhą cicloviária", afirmou o coordenador do programa Niterói de Bicicleta, Filipe Simões.


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói


Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page