Prefeitura do Rio demole até igreja em área de milícia


(Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)

Equipes da Prefeitura do Rio, da Polícia Militar e do Ministério Público (MP-RJ) realizaram uma operação nesta segunda-feira (3) para demolir edificações erguidas de forma irregular na comunidade da Muzema, na Zona Oeste da cidade, dominada por milicianos. Ao todo, 12 construções foram colocadas abaixo, sendo que três delas funcionavam como lava-jato e uma como igreja evangélica. Havia também oficina, quiosque, restaurante e estacionamento.

A área é controlada por uma milícia armada, que pratica extorsões na região e explora o mercado imobiliário de forma ilegal, com ocupações irregulares e construções sem licença, além da exploração de ligações clandestinas de água, luz, internet e TV fechada.

Segundo o MP-RJ, as construções teriam sido erguidas sob a liderança de um miliciano preso há duas semanas pela Polícia Federal. O miliciano é Emerson Portela Claudino, o Missinho.

Em abril de 2019, dois prédios irregulares desabaram na comunidade, matando 24 pessoas.

300x250px.gif
728x90px.gif