Prefeitura do Rio interdita fábrica de concreto na Zona Oeste

A Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura do Rio, em operação conjunta com Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente e a Polícia Militar Ambiental, interditou, nesta quarta-feira (9/3) a concreteira Fob Mix Concretos Ltda., localizada na Estrada dos Palmares 2015, Santa Cruz, Zona Oeste do Rio. A fábrica recebeu advertência da Patrulha Ambiental por não cumprir os dispositivos legais de proteção ambiental nem de saúde da população local. Também havia violação dos direitos dos trabalhadores.

Divulgação / SMAC

O funcionamento da fábrica vinha sendo motivo de várias reclamações da população do entorno, pois causava poluição atmosférica, por meio da dispersão de particulados derivados de cimentos e agregados.


O gerente da empresa, Fernando de Oliveira Lima, foi conduzido à Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), onde prestou esclarecimentos.


Segundo a polícia, ele vai responder por crime ambiental, por fazer funcionar atividade potencialmente poluidora sem nunca ter dado entrada no licenciamento.

Divulgação / SMAC

A poeira de cimento é altamente prejudicial à saúde, pois se agrega nas mucusas respiratórias, o que pode causar a silicose, doença ocasionada por partículas de sílica presentes no pó de cimento. A silicose é capaz de levar à morte a longo prazo. Nas ruas do entorno, fiscais flagraram carreamento de resíduos sem tratamento para o logradouro público, o que gerava entupimento das galerias de águas pluviais.


Fonte: SMAC

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg