Preso ex-secretário de Saúde do Rio


O ex-secretário de Saúde do Rio de Janeiro, Edmar Santos, foi preso manhã desta sexta-feira (10) em seu endereço residencial, em Botafogo, na Zona Sul do Rio. Ele é investigado por suspeitas de irregularidades nos contratos de compra de equipamentos e medicamentos para tratamento de pacientes com Covid-19.

Há suspeitas de fraudes, inclusive já apontadas pelo Tribunal de Contas do Estado em alguns contratos firmados sem licitação, entre eles, o de compra de respiradores, oxímetros e medicamentos e o de contratação de leitos privados. O governo do Rio de Janeiro gastou cerca de R$ 1 bilhão para fechar contratos emergenciais.

O ex-secretário e outras sete pessoas são acusados pelo Ministério Público estadual de improbidade administrativa.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg