top of page
banner niteroi carnaval 780x90px 16 02 24.jpg

Programa RJ Para Todos leva serviços sociais a Nova Iguaçu

O programa "RJ Para Todos" promoveu, nesta terça-feira (16/1), um mutirão de serviços de vários órgãos do Governo do Estado para atender a população atingida pelas enchentes na Baixada Fluminense.

A ação social foi realizada na Escola Estadual Comendador Soares, em Nova Iguaçu, das 9h às 17h, beneficiando mais de 700 pessoas. A Fundação Leão XIII disponibilizou isenção de taxa para a retirada de documentos, que foram emitidos pelo Detran.RJ; a Secretaria de Trabalho e Renda levou o balcão de empregos para quem tenta reconstruir a vida. Também participaram da iniciativa as secretarias de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos e da Mulher, além do Procon.


Aposentado devido à condição de pessoa com deficiência, Roberto do Nascimento, 49, foi levado ao mutirão pelo filho para emissão do cartão Recomeçar. O benefício cobre despesas com mobiliário residencial, eletrodomésticos e materiais de construção e é destinado às famílias em vulnerabilidade após desastres naturais e que perderam móveis e eletrodomésticos ou que tiveram o imóvel danificado. Morador do bairro de Comendador Soares, em Nova Iguaçu, ele aproveitou para realizar outros atendimentos.


"Vim tirar o Cartão Recomeçar, pois perdi meu sofá, o rack e a cômoda quando a chuva inundou a minha casa. Como soube aqui que também dá para tirar documentos, aproveitei a oportunidade de fazer tudo junto. Atendimento muito rápido", afirmou.

A diarista Nathalia Dionizio, 32, também foi em busca do Recomeçar. Mas ainda atualizou o currículo e se inscreveu para as oportunidades oferecidas pelo Balcão de Emprego da Secretaria de Trabalho e Renda.


"O atendimento foi rápido e eficaz. Já atualizaram o cadastro e agora é aguardar as oportunidades. Estou animada para que vejam meu cadastro e eu possa trabalhar de carteira assinada em qualquer área. E, com o valor do cartão, vou comprar a cama das minhas filhas, um fogão e um guarda roupa também", contou.


Equipes de assistentes sociais do Programa Segurança Presente, da Secretaria de Estado de Governo, atuaram em conjunto com servidores da Defensoria Pública e da Prefeitura local. Para garantir o conforto no atendimento da população, a Cedae levou dez aguadeiros com 40 bombonas e 500 quilos de saco de gelo para hidratar quem aguardava na fila.


"A prioridade, no momento, é ajudar na reconstrução da vida de quem foi impactado pelo temporal. Além dos documentos, o Governo do Estado também vai apoiar essas pessoas com benefícios para custear a compra de novos equipamentos", disse o secretário de Governo, Bernardo Rossi.

Mutirão promove até casamento gratuito


Mesmo diante das dificuldades causadas pelas chuvas, o casal Cosme Nascimento da Silva, 55, e Edileuza Alves dos Santos, 57, encontrou ânimo para oficializar a união. A ideia inicial era apenas emitir novos documentos. Ao saber que os serviços cartoriais também estavam disponíveis gratuitamente, resolveram se casar.


"Tivemos a ajuda da Fundação Leão XIII, que garantiu a gratuidade. Para nós, foi um presente de casamento. Já temos três filhos. Ficou bom para a gente, pois economizando com os documentos dá até para fazer um almoço em família", disse Edileuza.


Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Chamada Sons da Rússia5.jpg
banner niteroi carnaval 300x250px 16 02 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page