'Projeto Mulher Líder' é destaque em congresso na Argentina

O Projeto Mulher Líder, idealizado pela Coordenadoria de Políticas e Direitos das Mulheres de Niterói - Codim – foi escolhido para participar da 16ª Capacitação Regional de Mercocidades, na cidade de Esteban Echeverría, na Argentina. Durante a última semana, representantes de governos, instituições

acadêmicas e organizações da sociedade civil da Argentina, Brasil, Chile, Equador e Uruguai, se reuniram para apresentar projetos com o desafio de construir comunidades sustentáveis baseadas em iniciativas de inclusão social, esportes e direitos humanos.

(Da esq. p/ a dir.): Jorge Rodríguez, Renata Bastos da Silva, Mariela e Carla Tavares / Divulgação / Codim

Três projetos serão selecionados para receber financiamento para visitar uma experiência semelhante implantada em outra região. A Prefeitura de Niterói foi representada pela Gerente do Programa Mulher Líder da Coordenadoria de Políticas e Direitos das Mulheres de Niterói, Codim, Carla Tavares.


“Para a gente é uma honra ter sido uma das 28 iniciativas selecionadas em edital para participar do congresso. O Projeto Mulher Líder ganhou reconhecimento internacional e mostrou que tem tecnologia social replicável entre as 364 cidades dos países membros do Mercocidades. Foram dias de muita troca e reconhecimento”, resume Carla Tavares.


Criado em outubro do ano passado, o Mulher Líder é um programa de formação com base em tecnologia, inovação e liderança para potencializar o empreendedorismo. O projeto prevê que sobreviventes de violência de gênero ou em situação de vulnerabilidade social tenham um percentual de vagas para busca de oportunidades de geração de renda. A iniciativa faz parte do prêmio de um edital do Consulado Americano – Federal Assistance 2021, recebido pela Codim em junho de 2021. Até agora, xxx mulheres já foram beneficiadas pelo programa.


Em setembro, haverá a inauguração de um coworking feminino com espaço kids e sala pública de reunião para que as mulheres niteroienses possam ter um espaço exclusivo para desenvolverem seus negócios.


“A Codim existe há 19 anos e nossa principal missão é o enfrentamento das violências contra as mulheres. Compreendemos que investir na capacitação das mulheres possibilita sua emancipação financeira e autonomia. Para além do acolhimento e fortalecimento das mulheres pelos nossos equipamentos, estamos possibilitando portas de saída do ciclo da violência, renovando a esperança e a construção de uma nova trajetória em suas vidas”, destaca Fernanda Sixel, secretária de Políticas e Direitos das Mulheres de Niterói.


Serviços de atendimento à mulher da Prefeitura de Niterói:


Niterói - Centro Especializado de Atendimento à Mulher Neuza Santos

Endereço: Rua Cônsul Francisco Cruz, 49, Centro. Telefones: 21 96992-6557 / 21 2719-3047 (whatsapp). Codim: 21 98321-0548.


Núcleo de Atendimento à Mulher (Nuam), piso G4 do Plaza Shopping Niterói, no Centro, de segunda a sábado, das 12h às 18 horas.


Como Denunciar a Violência Doméstica em Niterói:


- Ligue 180 (Grátis/24h) - Central de Atendimento à Mulher

- Ligue 153 (Grátis/24h) - CISP - Centro Integrado de Segurança Pública

- Conselho Municipal de Políticas para as Mulheres – (21) 2719-3047

- Disque 190 (Grátis/24h) - Polícia Militar

- Defensoria da Vara de Família – (21) 2719-2743

- Juizado da Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher (21) 2716-4562/4563/4564

- SOS Mulher Casos de Violência Sexual – Hospital Universitário Antônio Pedro / HUAP – (21) 2629-9073

- Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher – (21) 2613-0593

- Policlínica de Especialidades da Mulher Malu Sampaio – (21) 2621-2302/1109

- DEAM Niterói (24h/presencial) - Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher - Av. Ernani do Amaral Peixoto, 577, 3º andar – Centro

- Disque Denúncia (24h exceto domingos e feriados/ somente denúncia anônima) - (21) 99973-1177 (whatsapp exclusivo Niterói) / (21) 2253-1177


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói


300x250_QuatroRodas.gif
728x90_PorqueArCondicionado.gif