Protesto contra intolerância religiosa reúne multidão em Itaboraí


Foto: Reprodução

Centenas de pessoas de diversas religiões protestaram, no último domingo (22/5), na praça Marechal Floriano Peixoto, em frente à Prefeitura de Itaboraí, no Centro. O ato ocorreu após uma fala do pastor Felippe Valadão, proferida na noite de quinta-feira (19/5), durante um show em comemoração ao aniversário de 189 anos da cidade.


Durante o protesto, foram utilizadas faixas com diversos dizeres e carros de som para chamar a atenção para a intolerância religiosa. Diversos líderes de religiões de matriz africana, como o Babalawo Ivanir dos Santos, estiveram no evento.


Durante o show, na última quinta-feira, Felippe Valadão disse:


“De ontem para hoje tinha quatro despachos aqui na frente do palco. Avisa aí para esses endemoniados de Itaboraí: o tempo da bagunça espiritual acabou, meu filho. A igreja está na rua! A igreja está de pé! E ainda digo mais: prepara para ver muito centro de umbanda sendo fechado na cidade! Deus vai começar a salvar esses pais de santo que tem na cidade. Você vai ver coisa que você nunca viu na vida. Chegou o tempo, Itaboraí! Aquele espírito maligno de roubalheira na política acabou”, afirmou.


Toda a cena foi gravada e publicada nas redes sociais. No sábado (21/5), após grande repercussão negativa, o pastor comentou sobre acusação de ter cometido intolerância contra religiões de matrizes africanas. O religioso fez uma publicação em suas redes sociais na qual enalteceu sua carreira e disse “não estar nem aí para nada”.


Através das redes sociais, a Prefeitura de Itaboraí se pronunciou afirmando que as declarações dos artistas são inteiramente de responsabilidade dos mesmos, e que não apoiam atos de Intolerância religiosa.

Ganhe_Ate_300x250px.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
Aumentou_728x90px.gif