PT oficializa candidatura de Lula à Presidência da República


(Foto: Ricardo Stuckert)

A candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) à Presidência foi confirmada pela federação partidária formada por PT, PCdoB e PV durante a convenção nacional realizada em São Paulo nesta quinta-feira (21). A indicação de Geraldo Alckmin (PSB) como vice também foi aprovada.

Conforme noticiou o G1, a confirmação da candidatura de Lula se deu em duas etapas. Primeiro, por volta das 10h, foi a vez de dirigentes do PT se reunirem em convenção partidária para aprovar a postulação do petista.

Depois, lideranças de PCdoB e PV se juntaram ao PT para chancelar a indicação pela Federação Brasil da Esperança, que reúne as três legendas.

Além da candidatura de Lula, foram aprovadas a indicação de Geraldo Alckmin (PSB) como vice-presidente na chapa e a coligação com Psol, Rede, PSB e Solidariedade.

"A primeira deliberação, e homologada, é a indicação da candidatura à Presidência de Lula e à Vice-Presidência de Geraldo Alckmin. A segunda deliberação é a de coligação de PSOL, Rede, PV e Solidariedade. A terceira é o número do candidato à Presidência da República. Número 13, Lula", afirmou a presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, no evento.

A convenção do PT ocorreu sem a participação do candidato, que é líder em todas as pesquisas de intenção de voto. Ao contrário do PDT, que promoveu um ato com Ciro Gomes na quarta-feira (20), e do PL, que vai levar o presidente Jair Bolsonaro para o ginásio do Maracanãzinho no domingo (24), o PT tratou a convenção como uma mera formalidade.

Lula está realizando atividades de campanha em Pernambuco. Na quarta-feira (20), o ex-presidente foi a Caetés visitar uma réplica da casa onde viveu e cresceu com a mãe, Dona Lindu. O petista foi recebido por apoiadores no local.

Lula visita réplica da casa onde viveu, em Caetés, com os irmãos e a mãe, Dona Lindu (Foto: Ricardo Stuckert)

À noite, o ex-presidente realizou ato em Serra Talhada com os pré-candidatos apoiados pelo PT no estado, Danilo Cabral (PSB), a governador, e Teresa Leitão (PT), a senadora.

"Eu já provei que o país tem jeito. Quando o povo pobre começa a participar da economia do país, as coisas dão certo", disse Lula durante a atividade.

Nesta quinta-feira (21), o ex-presidente realiza ato em Recife.

300X350px_Negra.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg
728X90px (2).gif