'Quadrilha do reboque' em Niterói e SG é alvo da Polícia


Foto: Divulgação

Um reboquista foi preso em flagrante na terça-feira (25/5) quando tentava furtar um veículo em um reboque na Avenida Professora Romanda Gonçalves, no bairro Itaipu, em Niterói. A polícia descobriu que ele 'prestava serviço' para uma quadrilha acusada de praticar furtos de veículos na região de Niterói e São Gonçalo.


Policiais da 81° DP (Itaipu) já estavam investigando a quadrilha e prenderam o homem em flagrante durante a tentativa de roubo, após serem informados por um morador da região que suspeitou da ação. O motorista do reboque explicou que era contratado para realizar o serviço. De acordo com as investigações da delegacia, os reboquistas recebiam R$100 por cada veículo furtado. Ele ainda explicou que os carros eram levados para um ferro velho em São Gonçalo.


Chegando ao local indicado pelo motorista, a polícia encontrou quatro veículos furtados, todos com ocorrência registrada na 81°DP. O proprietário do local foi detido pelos policiais para prestar esclarecimentos e o estabelecimento foi fechado.


O delegado Fábio Barucke, titular da 81ª DP, esclareceu que a investigação aponta que a empresa de reboque não tem envolvimento com a quadrilha, já que os reboquistas atuavam a mando da quadrilha e sem consentimento dos chefes. Ao todo, quatro pessoas já foram identificadas na prática dos crimes.


A Polícia também aponta que os líderes da quadrilha circulavam com os funcionários da empresa de reboque para escolher quais veículos eram de interesse do grupo. Carros de luxo eram descartados para não chamar a atenção. Em seguida, os reboquistas ficavam responsáveis pelo roubo e por levar os automóveis ao ferro velho em São Gonçalo.


O caso ainda segue em investigação para descobrir quem são os líderes da quadrilha. A polícia estima que o grupo pode ter feito mais de 80 vítimas em quatro anos.

Toda Palavra_Banner_300x250_Celular.gif
1/3
NIT_728x90-03.gif
NIT_300x250-01.jpg