top of page
banners dengue balde niteroi 728x90 29 2 24.jpg

Quatro anos depois, acusado de matar Marielle é expulso da PM


Sargento Ronnie Lessa, agora expulso da Polícia Militar do Rio de Janeiro (Reprodução)

O sargento reformado da Polícia Militar do Rio de Janeiro (PMRJ) Ronnie Lessa, acusado de matar a vereadora Marielle Franco e o motorista Anderson Gomes, foi expulso da corporação.


Segundo a assessoria de imprensa da PM fluminense, ele foi “excluído” da corporação na última quarta-feira (8) - quase cinco anos depois dos crimes ocorridos, em 14 de março de 2018, na região central da cidade do Rio de Janeiro.


Ronnie Lessa e outro acusado dos homicídios, o ex-policial militar Élcio Queiroz, estão presos desde março de 2019. Eles respondem por duplo homicídio triplamente qualificado (motivo torpe, emboscada e recurso que dificultou a defesa da vítima) e pela tentativa de homicídio contra uma assessora de Marielle, que sobreviveu.


Além do processo relativo ao homicídio, Lessa já teve prisão preventiva decretada por lavagem de dinheiro e foi condenado em processos por tráfico internacional de armas e por ocultação das armas usadas no assassinato de Marielle e Anderson.


Na última segunda-feira, a 4ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio negou recurso da defesa e manteve a prisão preventiva de Ronnie Lessa e Élcio Queiroz.


As investigações prosseguem em sigilo na tentativa de prender o mandante do assassinato da vereadora do PSOL.

Comments


Chamada Sons da Rússia5.jpg
banners dengue balde niteroi 300x250 29 2 24.jpg
Divulgação venda livro darcy.png
bottom of page