Queda de casal em Icaraí é investigada pela Delegacia de Homicídios


Logo depois da tragédia, pessoas saíram à rua e se concentraram em frente ao número 29, onde tudo aconteceu

A tragédia ocorrida no início da madrugada desta sexta-feira, com a queda e morte de um casal de um prédio da Rua Álvares de Azevedo, em Icaraí, continua envolta em mistério. O caso foi transferido da 77ª Delegacia de Polícia, que tem a jurisdição do bairro, para a Delegacia de Homicídios de Niterói, a qual passa a conduzir as investigações.

Vizinhos afirmam ter ouvido uma forte discussão do casal, momentos antes da queda. Não se sabe se os dois decidiram pular da janela do apartamento ou se foi um homicídio seguido de suicídio. Essa, inclusive, é a versão de algumas possíveis testemunhas, segundo as quais o homem teria jogado a mulher e depois se atirado.

Passava pouco mais da meia noite quando moradores da Rua Álvares de Azeved foram sobressaltados por fortes estrondos e uma cena trágica vista pelos vizinhos dos prédios próximos: dois corpos caídos no térreo do número 29, que teriam se projetado da altura do décimo andar. A tragédia chocou a população do bairro da Zona Sul de Niterói.

1/3
300x250px - para veicular a partir do di

 Conheça a nova Scooter Elétrica

Não precisa de CNH, sem placa e sem IPVA

Leia também: