top of page

Rússia chama Lisichansk de monstruoso ataque ucraniano




Moscou (Prensa Latina) - O ataque ucraniano contra uma padaria em Lisichansk, em Lugansk é um ato terrorista monstruoso e a operação militar especial é realizada para evitar estas ações, disse hoje o porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov.

“Exatamente além de ‘ato terrorista’ não pode ser chamado de outra coisa, os ataques em curso contra instalações pacíficas de infraestrutura, neste caso a padaria, é um ato monstruoso, e o número de vítimas fala precisamente da magnitude deste ato terrorista”, disse o disse o porta-voz.

“Para evitar novos ataques terroristas por parte das Forças Armadas Ucranianas, está a ser realizada uma operação militar especial”, lembrou Peskov.

No dia 3 de fevereiro, o exército ucraniano bombardeou a cidade de Lisichansk, na República Popular de Lugansk, com mísseis Himars.

Ataque chegou a uma padaria. Como resultado do bombardeio, 28 civis morreram, incluindo uma criança.

Funcionários do Ministério de Situações de Emergência concluíram a operação de busca e salvamento: 10 pessoas foram resgatadas dos escombros.

O governador de Luhansk, Leonid Paschnik, declarou luto em memória das vítimas do ataque.

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page