top of page

Rússia supera EUA em exportações de derivados de petróleo para Brasil


(Foto: Maxím Bogodvid/Sputnik)

O Brasil aumentou a importação de produtos petrolíferos da Rússia em agosto deste ano para 920 mil toneladas, o que é três vezes mais do que os volumes adquiridos dos Estados Unidos, segundo a base de dados da alfândega brasileira.


Os cálculos indicam que no mês passado o Brasil aumentou em 2,1 vezes as compras de derivados de petróleo da Rússia, ao mesmo tempo que o custo das importações aumentou 2,4 vezes, para US$ 672,8 milhões (cerca de R$ 3,3 bilhões). Para Moscou, este é um recorde absoluto de embarques para Brasília tanto em termos monetários quanto absolutos.


O segundo maior fornecedor foram os Estados Unidos, que reduziram as exportações em um terço, para 311,3 mil toneladas, enquanto suas receitas diminuíram 25%, atingindo um patamar de US$ 281,2 milhões (aproximadamente R$ 1,4 bilhão).


O terceiro lugar foi ocupado pela Índia. De lá o Brasil importou 164,5 mil toneladas de derivados de petróleo no valor de US$ 155,2 milhões (cerca de R$ 773,9 milhões), o que é 2,6 vezes mais em termos absolutos e 3,1 vezes mais em termos monetários que no mês anterior.


Além disso, mais de 100 mil toneladas de derivados de petróleo foram entregues ao Brasil por Países Baixos, Peru e Arábia Saudita.


Fonte: Agência Sputnik

Comments


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page