top of page

Radar meteorológico de alta precisão vai entrar em ação

A Prefeitura de Niterói inaugurou, nesta segunda-feira (6/3), o novo radar meteorológico Banda X. O equipamento é ultramoderno e possui cobertura com raio de 100 km que permitirá que a cidade e os municípios vizinhos que estão dentro da área de abrangência realizem o monitoramento meteorológico em tempo real. O radar será fundamental para o monitoramento das chuvas intensas que possam atingir áreas críticas do município. Niterói é o primeiro município a adquirir esse equipamento para utilização da Defesa Civil.

Foto: Lucas Benevides / Prefeitura de Niterói

O prefeito de Niterói, Axel Grael, explicou que, desde 2013, o governo vem investindo em equipamentos e estrutura da Defesa Civil municipal para tornar a cidade cada vez mais resiliente.


“Desde 2013, a gente vem aprimorando a nossa área de resiliência e Defesa Civil. Contratamos mais gente, demos a prioridade para a área de Geotecnia e investimos em obras de contenção das encostas. Atualmente, temos 87 obras de contenção de encostas acontecendo ao mesmo tempo, após a contratação de um mapeamento de riscos geotécnico da cidade que avaliou caso a caso e concentrou como prioridade as partes mais vulneráveis socialmente da cidade. Isso é proteger a cidade como um todo e pensando naquelas pessoas que estão em situação de risco. Hoje estamos iniciando a operação desse radar meteorológico e teremos a ferramenta mais moderna do país à nossa disposição. Poderemos verificar a chegada de chuvas a 100 km daqui. Quanto mais pudermos antecipar as medidas preventivas e mobilizar as equipes, melhor”, conclui Axel.


O vice-prefeito de Niterói, Paulo Bagueira, ressaltou o trabalho que vem sendo feito na área de Defesa Civil ao longo dos últimos anos.


“Estamos aqui hoje fazendo uma entrega importante para a cidade. Estou na vida pública do nosso município há alguns anos e a gente vê a transformação e a mudança que o município teve. Esse é um governo que se preocupa com a cidade e com o cidadão, que pegou uma Defesa Civil totalmente defasada. Se hoje nós temos 2.600 voluntários é porque as pessoas acreditam no nosso trabalho e isso só é possível por conta da confiança, do crédito e do compromisso do nosso governo com o cidadão. Estou muito orgulhoso de estar aqui”, disse.


O equipamento comprado por Niterói foi instalado no Parque da Cidade, em São Francisco. Além do radar, Niterói também vai passar a contar com mais três estações meteorológicas automáticas que ficarão nos seguintes locais: no Parque das Águas, no Centro, em Charitas e Piratininga. No momento, a cidade conta com uma estação meteorológica em operação localizada no bairro do Barreto. Outra novidade é a aquisição de estações de monitoramento da qualidade do ar.


Walace Medeiros, secretário de Defesa Civil e Geotecnia, destacou que o novo radar vem para melhorar a observação de fenômenos meteorológicos em Niterói.


“Até o momento, fazíamos o monitoramento de Niterói com o radar do Sumaré que, infelizmente, possui uma área de sombra que pega boa parte do município e alguns da Região dos Lagos. Com a aquisição desse novo equipamento, além de termos uma imagem que não vai gerar mais área de sombra, teremos uma visão completa da cidade. A partir dele, conseguiremos observar num raio de 100 km a aproximação de todos os núcleos de chuva. Isso nos dá uma referência exata de como está a condição meteorológica e nos possibilita antecipar as medidas. Isso vai facilitar nosso trabalho e trazer muito mais segurança no nosso processo de prevenção e preparação nos fenômenos meteorológicos extremos, que são as chuvas fortes”, contou o secretário.


O novo radar permite um fluxo maior de informações com mais recursos para poder fazer a interpretação dos eventos climáticos com a geração de estatísticas e dados que proporcionam um trabalho de forma mais estruturada e resiliente e impacta diretamente na segurança.


O investimento faz parte do Plano Niterói 450 anos nas áreas de sustentabilidade, clima e resiliência. A Prefeitura de Niterói já investiu mais de R$ 600 milhões em obras de contenção e drenagem de encostas, desde 2013. Agora, como parte do Plano, serão mais R$ 302 milhões.


Além do monitoramento das chuvas, o novo equipamento vai gerar dados que poderão ser acessados por outros municípios e também por órgãos de pesquisas. O secretário contou que serão feitos convênios com as instituições interessadas.


“Com os dados gerados, podemos fazer convênios com outras prefeituras e órgãos de pesquisa interessados em ter acesso a essas informações. Não são apenas imagens. Poderemos fornecer outros dados que possibilitam um acompanhamento, melhores aferições e isso pode gerar um movimento de melhora de outras instituições de Defesa Civil a partir de dados consistentes para trabalhar internamente e promover melhorias nos seus sistemas de Defesa Civil”, destacou Walace.


O Radar Banda X é fabricado na Alemanha, conta com um alcance de 100 km de raio, com alta resolução e sensibilidade que possibilita configurações conforme as aplicações específicas da Defesa Civil, que permite análise da quantidade de chuvas em até 18 km de altitude e que mostra todo o fenômeno da densidade de chuvas na atmosfera.


Também participaram do evento a secretária de Conservação e Serviços Públicos, Dayse Monassa e o secretário do Clima, Luciano Paez; além de outras autoridades municipais e membros voluntários dos Núcleos de Defesa Civil (Nudecs).


Fonte: Coordenadoria Geral de Comunicação da Prefeitura de Niterói




コメント


Divulgação venda livro darcy.png
Chamada Sons da Rússia5.jpg
bottom of page